Saudável 2019

CRESCER SAUDÁVEL 2019/2020 Instrutivo Sumário Introdução 3 Obesidade Infantil 3 Causas 3 Efeitos 4 Medidas efetivas de prevenção, controle e tratamento 5 Programa Crescer Saudável 6 Ações, metas e indicadores de monitoramento 6 Financiamento 8 1 - Avaliar o estado nutricional (peso e altura) das crianças matriculadas na Educação Beleza saudável: a nova onda dos cosméticos orgânicos. A Exposaudável vem aí! Confira cinco motivos para participar! Curitibanos mais saudáveis! Capital diminui número de obesos. EXPOSAUDÁVEL terá 1º Simpósio sobre o Futuro do Pão Artesanal no Paraná ... 20 e 21 de Setembro - 2019. Citação obrigatória: FAO. 2019. Livro de Atividades - Importa ter uma alimentação saudável . Roma. 24 pp. Licence: CC BY-NC-SA 3.0 IGO. As designações usadas e a apresentação do material neste produto de informação Alimentação saudável é crucial para mantermos o bom funcionamento do nosso cérebro.Uma dieta equilibrada impacta o humor, a felicidade e a saúde de forma integral. Mesmo já estando conscientes do impacto positivo que uma dieta balanceada e rica em nutrientes causa em nosso corpo, tanto estética quanto fisicamente, acabamos ignorando o fato de que nossas escolhas alimentares também ... Alimentação Saudável Desafios e Estratégias 2018 Lisboa: Direção-Geral da Saúde, 2018. PALAVRAS CHAVE Alimentação Saudável, Intersectorialidade, Obesidade, Oferta Alimentar, EIPAS EDITOR Direção-Geral da Saúde Alameda D. Afonso Henriques, 45 1049-005 Lisboa Tel.: 218 430 500 Fax: 218 430 530 E-mail: [email protected] www.dgs.pt Leve e Saudável. O meu objetivo é te inspirar a ter melhores hábitos de vida, para alcançar saúde e bem estar através de atividades e comida que sejam ao mesmo tempo acessíveis e estimulantes. Assim, espero que você esteja bem e saudável pra ter tempo pra você mesmo, pra sua família e seus amigos. ADESÃO AO CRESCER SAUDÁVEL 2019/2020 A. O que é o Programa Crescer Saudável? Consiste em um conjunto de ações a serem implementadas no âmbito do Programa Saúde na Escola, com o objetivo de contribuir com a prevenção, controle e tratamento da obesidade infantil. Veja grátis o arquivo PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 2019 enviado para a disciplina de Projetos e Praticas de Ação Pedagogica Categoria: Trabalho - 63332494 Explore the September 2019 issue of Scholastic SuperScience and related digital resources, videos, and games. Introduction. Loneliness, including feeling a lack of companionship or feeling socially isolated, has major implications for the health of older adults.

Missão Europa: tenistas partem para circuito mundial

2020.08.28 04:41 futebolstats Missão Europa: tenistas partem para circuito mundial

Nesta quinta (27), tenistas brasileiros se despediram do Centro de Treinamento de Rio Maior (Portugal), base da equipe durante a participação do projeto Missão Europa, promovido pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) em parceria com a Confederação Brasileira de Tênis (CBT). A ideia foi oferecer ao quarteto formado por Bia Haddad, Carol Meligeni, João Menezes e Thomaz Bellucci a oportunidade de treinar fora do Brasil durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19).
Agora, João Menezes, atual número 188 do mundo, vai para a Itália participar de competição no saibro de Cordenons, a partir de 31 de agosto. O evento deve distribuir aproximadamente 88 mil euros em prêmios. O tenista brasileiro com a vaga mais bem encaminhada para os Jogos Olímpicos de Tóquio avaliou que o período em Rio Maior foi positivo, pois permitiu ver “também um grupo grande de atletas com o mesmo objetivo, que é a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, a melhor preparação para chegar bem lá e com chances de brigar por uma medalha”.
Após o ouro na competição de simples no Pan de 2019, a única exigência para carimbar a vaga olímpica é que João Menezes apareça entre os 300 primeiros colocados do ranking mundial em junho de 2021.
Enquanto isso, Thomaz Bellucci, 287º no ranking mundial, segue para Suíça, onde disputa um torneio entre 31 de agosto e 6 de setembro. “Foram três semanas de aclimatação. Já estamos adaptados ao fuso horário, ao clima e agora é partir para a viagem. A intenção é competir na segunda-feira que vem”, afirmou o tenista.

Mulheres seguem em Portugal

Enquanto João e Thomaz seguem para outros países, Bia Haddad e Carol Meligeni continuam em Portugal por, pelo menos, mais duas semanas. A partir da próxima segunda-feira (31), a dupla começa a participar do torneio da cidade de Montemor-o-Novo, que distribuirá US$ 25 mil em prêmios. Na sequência, irão para Figueira da Foz, a partir do dia 7 de setembro, para disputar o torneio local. As duas competições serão no piso rápido.
“Em uma situação normal, talvez não viéssemos para cá. Então foi muito bom saber que temos esse polo de concentração na Europa, com outras modalidades, e evoluir para os objetivos que todos têm em comum”, disse Carol Meligeni, 4ª colocada no ranking nacional.
Já a paulista Bia Haddad comentou seu retorno às competições internacionais após 15 meses afastada por doping: “É um momento diferente, tem um friozinho na barriga a mais, por todos os meses fora, e estou muito animada, motivada e saudável. Então, tem tudo para ser um bom restinho de ano para mim”.
O post Missão Europa: tenistas partem para circuito mundial apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/34EGMZL
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.07.17 05:03 PitchBlackMist [Muito longo] Oportunidades perdidas

Sinto que esse texto possa a vir a expressar uma certa arrogância e narcisismo, mas ainda assim quero escrever o que sinto.
Atualmente sou um jovem de 16 anos, nasci no interior de uma cidade pequena no sul do nosso Brasilzão. Meu irmão mais velho cuidou de mim quando pequeno (gostaria que fôssemos mais próximos hoje, mas esse não é o tema do desabafo), ele ensinou-me a ler e escrever quando eu tinha uns 4 anos. Cursei a pré-escola numa escolinha pacata com uma dúzia de alunos, inclusive ela fechou no mesmo ano que eu saí. Porém não reclamo disso, acho que foi bom pra mim, aprendi bons valores lá.
Em 2010 eu precisei trocar de escola, entrei numa escola de campo (a única próxima de minha casa, mesmo estando há 20km de mim). É uma escola pública, pequena, cerca de 150 alunos do pré até o ensino médio. Não tenho muito a reclamar do primeiro ao terceiro ano lá, eu tive acesso à internet desde cedo e gostava de procurar sobre dinossauros e o universo e falava disso com meus amigos, tanto é que eu ganhei o apelido de alienígena por isso (não era na maldade, até hoje alguns amigos me chamam assim). No segundo ano, inclusive, fiquei internado e perdi um mês e meio de aulas espalhadas ao longo do ano, mas eu tirava boas notas então fui aprovado assim mesmo, lembro de ficar irritadíssimo quando deixei de ganhar uma medalha numa olimpiadazinha da época.
Quando eu ingressei no quarto ano deparei-me com um repetente que, talvez como uma forma de lidar com a depressão que sofria após a morte do irmão, via-me como um alvo fácil para bullying. Eu era gordinho, chorava fácil, não sabia brigar, era mimado, era nerdão, o alvo perfeito, não? Até o sexto ano eu fui quase que constantemente bullynado por ele e mais um menino que não tinha nem mesmo vantagem física sobre mim, mas eu já tinha desenvolvido um complexo de inferioridade e acabava por me deixar ser abusado. Eu faltava muito às aulas, fingia estar doente, deixava de fazer o dever de casa, tive um péssimo desempenho durante esses anos, inclusive tentei suicídio aos 10 anos (foi uma tentativa boba de me enforcar com os lençóis que obviamente não funcionou, mas eu genuinamente desejava a morte). Como fuga da realidade eu recorria às redes, usava o computador de casa o máximo que podia para jogar Minecraft, Kogama, GTA:SA... O YouTube também servia-me como um grande passa-tempo, os 4 aventureiros foram a alegria da minha infância. Porém, meu irmão, no ápice de sua adolescência, dependia das redes sociais como forma de socialização já que moramos no interior, longe de qualquer pessoa da nossa idade além de alguns esparsos vizinhos que tínhamos, isso ocasionava muitas e muitas brigas porque eu era quase que dependente da internet pra fugir da realidade, e ele também dependia dela pra ter alguma vida social. Ele também passou por uma depressão profunda que ocasionava um comportamento agressivo, passamos mais de um ano inteiro sem dizermos uma palavra para o outro. Hoje ainda não somos mais tão próximos quanto quando éramos quando crianças, embora tenhamos superado essas diversas brigas.
Mas o tempo passou, no sétimo ano um dos bullies se mudou e o outro havia superado a morte do irmão, então eu não era mais abusado. Infelizmente, os últimos três anos de abuso na escola e em casa haviam mexido comigo; eu já não sentia mais prazer em estudar e, com meu irmão tendo um computador para ele mesmo, eu tinha acesso livre às redes e passava o dia todo jogando e vendo vídeos no Youtube, a única amizade que eu tinha era um cara que estudava comigo e que jogava comigo. Eu não reconhecia de verdade nossa amizade, eu via a realidade sob uma lente distorcida graças aos anos anteriores e não confiava em ninguém. Eu permaneci assim até o nono ano, em 2018; nunca fiz amizades reais fora da escola, nunca dormi na casa de outro amigo, só tive uma única amiga mulher, nunca pude experienciar a auto-descoberta e o início da sexualização do meu corpo junto à uma menina que estivesse passando pelo mesmo. Eu era manipulado facilmente nas redes, eu era radicalizado pela política aos 13 anos e desfiz a única amizade que tinha com uma mulher na vida real porque ela não apoiava o Bolsonaro. Eu também nunca dei meia foda aos estudos, nunca me importei em estudar; acredito que eu não aprendi quase nada no Fundamental II, eu não prestava atenção nas aulas, ficava conversando (com meu único amigo) e no celular a aula inteira, só estudava uma noite antes da prova ou no ônibus indo para a escola. Acredito que Deus tenha me abençoado com certa inteligência, pois mesmo fazendo tudo isso eu nunca peguei recuperação e quase nunca fiquei abaixo da média em uma prova. Claro, eu estudava em escola pública E de campo, não precisava ser nenhum gênio para isso, o conteúdo é de nível inferior quando comparado ao de uma escola decente ou, até mesmo, quando comparado com a escola pública média.
Eu não diria que tinha depressão, eu era ignorante do que deixava de experienciar, então nunca me importei... até entrar no ensino médio. Eu tinha um amigo virtual, que eu conhecia no Discord, ele aconselhava-me sobre a vida, ele me norteou e me ajudou a superar a ansiedade social que eu tinha na época. Ele é a razão de eu não ter continuado sendo o zumbi triste que eu fui durante o Fundamental II inteiro, ele me introduziu também à maravilha que é a MPB, coisa que eu jamais teria descoberto sem ele. Porém, eu tornei-me paranoico com doxx e deletei tudo que tinha online e, numa fase mais doentia minha, doxxei-o com base no pouco que lembrava dele e mandava mensagens pra ele com o seu nome real achando que era uma boa ideia. Sinto falta dele, mas já aceitei que não irei revê-lo, embora gostaria que ele me revesse agora, que estou num período mais saudável da minha vida e depois de superar todo o drama pelo qual ele me aguentou entre 2018 e 2019. No final do ano passado eu decidi mudar pra valer, e funcionou, eu sinto que sou uma pessoa muito melhor e que já superei a maioria de qualquer conflito passado pelo qual eu já passei e comecei a estudar por conta própria.
Este é, inclusive, o motivo pelo qual eu resolvi começar esse desabafo, mas ele acabou se transformando num resumo da minha vida, mas tudo bem. Minha escola é pública e ruim até para padrões de escola pública, mesmo assim, nunca tive dificuldades para passar de ano sem estudar. Estou estudando só agora o que deveria estar estudando ano passado ou até antes; eu não aprendi o Teorema de Pitágoras na escola antes desse ano, EU ESTOU NO SEGUNDO ANO DO ENSINO MÉDIO. Minhas professoras precisam pulam diversos assuntos por falta de interesse dos alunos e da administração da escola, alguns alunos, muitas vezes, saem das aulas pra cortar grama pra escola. Minha professora de biologia e química sempre me incentivou com os estudos e me auxiliou quando eu tenho dúvidas, mas minha professora de matemática não, ela eu não consigo perdoar baseado somente nisso que eu citei acima. Ela nunca respondeu uma dúvida que eu tive fora da escola, passa conteúdo atrasadíssimo para os alunos, é uma péssima professora em geral, se é que posso chamá-la assim. Ano passado, inclusive, ficamos o ANO LETIVO INTEIRO estudando funções de primeiro e segundo grau; eu lembro que mesmo ela tentando explicar o assunto (e pulando muita coisa importante como demonstrações de fórmulas) eu só observava-a sem entender porra nenhuma, mesmo assim conseguia um desempenho excelente nas provas de algum jeito. Além disso, moro no campo e eu sou o herdeiro da propriedade e tenho o papel social de seguir como fazendeiro na propriedade da minha família, diferente da carreira que desejo seguir. Meus pais inclusive não gostam muito da ideia de que eu saia de casa para estudar, meu pai até me apoia, relutante, porque passou pelo mesmo quando criança, mas cedeu à vontade do pai e deixou de seguir seus sonhos, enquanto minha mãe é abertamente contra e até zomba de mim, usando meu irmão que saiu de casa e não está exatamente sendo bem-sucedido como exemplo.
E isso me leva a diversos e se? Eu olho pro passado e pro presente e chego a conclusão de que eu tenho mais facilidade com os estudos do que a pessoa média. Eu comecei a estudar sozinho e estou progredindo num ritmo muito mais rápido do que eu esperava progredir. Sem querer parecer um babaca, eu não acho que sou um Albert Einstein da vida, mas acredito que eu sou no mínimo notavelmente inteligente. E se eu nunca tivesse sofrido bullying quando criança e me afastado dos estudos por 7 anos? E se eu nunca tivesse tido as diversas brigas com meu irmão e pudesse possivelmente começar a estudar o que eu gostava ainda quando pequeno? E se eu tivesse pais que apoiassem meus estudos sempre? E se eu estudasse numa escola que realmente me preparasse para a vida e em ensinasse de verdade? E se eu tivesse tido todas as oportunidades que tanta gente por aí que detesta os estudos têm?
Caramba, cara. Eu acredito que eu poderia ter sido muito mais, eu poderia ter ido tão longe, quem sabe onde eu poderia chegar se eu não tivesse tido uma infância merda e educação pior ainda? Eu estou estudando todo santo dia religiosamente para tentar compensar o que eu perdi graças à incrível combinação de desgraça que possivelmente arruinou minha vida acadêmica irreparavelmente.
Enfim, esse foi meu desabafo de 9500 caracteres que passei uma hora e meia escrevendo, eu sinceramente duvido que alguém vá ler isso tudo, mas eu precisava escrever isso, obrigado.
submitted by PitchBlackMist to desabafos [link] [comments]


2020.06.27 19:13 lalazita 2 DE UMA VEZ?

Olá lubsiano tv, editores, papelões mortos, gatas e turma que está a ver. Essa é uma história um pouco desinteressante maaas queria contar. Se eu aparecer no vídeo (coisa mto improvávelkk) eu sou uma garota do RJ ent se quiser fazer algum sotaque…
Bem, lá estava eu bem de boas em novembro de 2019 com meus 11 aninhos e falei "Hm, por que não instalar o amino e ver no que dá?" fui lá, instalei o amino e o army amino. Alguns minutos depois me chega uma mensagem de um perfil que nós vamos chamar de “Uva”, bem, o uva me mandou uma mensagem pelo pv do amino e eu fiquei bem "Wtf? Eu acabei de instalar e já recebi uma mensagem???"
Fui lá, respondi e usei meu nome falso pq nekk não sou tão troxa assim. Pá, a gente conversou bastante e tal, aí acho que algumas semanas depois eu descobri q na verdade era uma garota de SC. A gente continuou conversando até que um dia eu comecei a nutrir sentimentos por essa guria, né. As minhas amigas viviam falando que eu tava apaixonada e pá mas nekk eu nn acreditava.
A gente continuou conversando por novembro e dezembro inteiros, quase todos os dias e eu gostava cada vez mais dela. Até que ela disse que já tinha gostado de outra garota, mas disse que "agora tinha eu" (a frase q ela usou foi "mas agora eu tenho vc") aí o coração já ficou tipo GAFGAVAHWYSYEHG tlgdKKKKKKKKKKKKKK
Ai, então. Eu percebi que realmente tava gostando muito da uva e tava planejando pedir ela em namoro em janeiro. Na segunda semana, para ser mais exata. Um dia de madrugada eu tava fazendo uma brincadeira que eu sempre fazia com ela pq eu gostava e ela nunca demonstrou desconforto e nem nunca falou nada. Mas nesse dia, ela pediu para eu parar e eu perguntei o pq, disse que se ela se sentisse mal com aquilo deveria ter me falado antes e tal e eu nn ia fazer algo que a deixasse desconfortável.
Mas aí ela me disse que, na verdade, era porque ela estava namorando. Nesse dia eu fiquei tipo "???????????? Por que você não me falou isso antes?????", sabe? Foi nesse dia q eu percebi q tava caidinha por elakkkk oh dó
Então, a gente não se falou por mais ou menos um mês. Chegou abril, mês do meu aniversário, fiz 12 anos, eu já tava bem melhor e já tinha superado bastante. Há alguns dias atrás a gente teve uma conversa saudável pra entender os dois lados da história e entender o que aconteceu. Descobri que elas namoravam já fazia três meses e a Uva me deixou criar esperanças sendo que ela só estava dando um tempo com a garota.
O namoro dela com a garota, pelo que ela me descreveu, era horrível mas eu continuei sem entender. Hoje em dia eu superei e estou bem, mas demorei bastante pra conseguir superar isso :):
Bem, essa foi a minha história. Tem chance dessa garota ver se eu aparecer no vídeo pq eu acho q ela assiste o luba mas fzr oq nekk eu provavelmente nn vou aparecer msm. eh isso =30 lubixco💜
submitted by lalazita to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.23 04:56 rafiuzky Loop Infinito

Este loop que entrei começou no começo do ano passado(2019) quando entrei na faculdade de Engenharia de Software. Parecia que todos meus dias eram iguais, até mesmo nos finais de semana que eu não tinha aula, porém este ano parece que está situação se agravou um pouco mais. Eu tenho o intuito de entrar na área de desenvolvimento web(programo desde 2016, seriamente desde 2019), então comecei a correr atrás de alguns trabalhos, e com isso veio certos “tapas na cara”, vi que eu realmente não manjo tanto da área e que quanto mais tento estudar para aprender menos aprendo. A área de desenvolvimento web é gigante, tem tantas ferramentas e linguagens que você se sente perdido. Eu já tenho certas ferramentas que direciono meu foco total, mas nunca é o suficiente, não consigo perceber minha evolução, parece que todos são melhores que eu, e por isso, nestas horas da noite que eu reservo um tempo para mandar currículos e candidatar-me a vagas de emprego acabo entrando num buraco negro de pensamentos ruins e autodepreciativos que realmente me fazem me sentir horrivelmente mal, que ao acordar parece que nunca existiram. Tem até uma analogia que gosto de fazer, que tem um “mini eu” dentro de minha cabeça que surge nos momentos que estou a sós com meus pensamentos, que só fala coisas ruins e me deixam para baixo. Até tento me ocupar socialmente, conversar com amigos, familiares, etc, mas é meio difícil, eu me mudei por conta da faculdade, e com a chegada do COVID-19 não quis arriscar a pegar um ônibus para casa, então estou “preso” no interior de MG com familiares que mal tenho contato. Então com tudo isso meu dia-a-dia tem se resumido em acordar 7:00, variar entre jogar, programar e assistir Netflix até 23:00 quando vou dormir. Tenho vontade as vezes de largar tudo, e tentar acabar com essa intermitente “angústia” interna mas nunca encontrei uma solução “saudável” para isso. E é isso aí, desculpe pelo texto todo desorganizado, meu pensamentos nesse horário não são tão lineares como gostaria que fossem. E para quem leu até aqui, tenha uma ótima semana.
submitted by rafiuzky to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 05:55 Shinvk Fui babaca por cortar raízes e relações com amizades de mais de 10 anos? Conflitos, novelas e tragédias.

Aviso de gatilho:
• Chantagem emocional.
• Abuso psicológico +.
• Menção a problemas de saúde mental tais como: ansiedade, depressão e +.

Primeiramente, olá Lubisco, editores, gatinhas e Turma.
Bom, a história é longa e cheia de drama então take a seat que lá vem história.
Editores, se puderem, por favor, censurar meu user, eu agradeço.
Eu sou S, F25 e os envolvidos dessa história são C - F24, G - F25, e E - M20, mas você pode chamar todo mundo de Calrs se quiser.
Pra contexto, vamos voltar alguns anos. Eu conheci a C a quinze anos atrás e nos tornamos melhores amigas desde então, well, ela era minha melhor amiga, eu era apenas mais uma no círculo infinito de amizades dela, já que ela adora colecionar cartinhas.
A G eu conheci a 10 anos atrás, e o match foi perfeito, éramos inseparáveis e honestamente, acho que tive uma crush pesada nela por todos essas 10 anos, acho não, tenho mesmo, mas isso não vem ao caso agora. Quando apresentei a G para a C, C se tornou estranhamento possessiva da G e meio que queria roubar a atenção dela totalmente, e já adianto, conseguiu. Se eu e G éramos o match perfeito, C e G eram carne e unha, inseparáveis.
Eu conheci o E a minha vida toda, praticamente, ele é primo do meu primo então em todas as reuniões de família acabávamos nos encontrando, mas nunca fomos muito próximos. Porém, no natal de 2018 acabamos ficando inseparáveis porque finalmente resolvemos conversar e percebemos que tínhamos tudo a ver um com o outro, mesmos gostos, mesmas ideologias e etc, e hoje nos perguntamos, por que não nos falamos antes? Como fomos burros hã?
Agora vamos a história, em Novembro 2018 eu me formei na universidade, me especializei na área que eu queria e estava com a vida engatilhada, recebi algumas propostas de emprego absurdamente incríveis e ainda mais, tinha planos até de sair da minha minúscula cidadezinha para tentar a vida na metrópole.
Veja bem, a vida que levei nunca foi fácil, aqui em casa sempre vivíamos com o básico, me formei com bolsa integral e se não fosse por isso, jamais teria oportunidade de fazer uma faculdade. Tenho uma vida muito simples e sonhos muito grandes. Mas nem tudo foram flores por um longo tempo, minha infância foi difícil, sofri traumas e certos tipos de abuso (os quais prefiro não mencionar aqui) que ficaram em silêncio por muitos anos, e que deixaram cicatrizes muito profundas. Tive depressão crônica por anos, tentei tirar minha própria vida algumas vezes e desenvolvi transtornos ainda piores em todo esse processo, um deles é pânico social e ataques de pânico contínuos. Tive muita dificuldade para lidar com meu passado mas de alguma forma, ao longo desses anos de faculdade, consegui me perdoar e fazer as pazes comigo mesma, e finalmente, entender que o que aconteceu comigo, não foi culpa minha. Em 2018, eu finalmente estava em paz comigo mesma, comecei a manter uma dieta mais saudável e fazer exercícios diariamente, sei que quem sofre de tais transtorno entende o quanto uma rotina dessas ajuda no processo de cura. E minha atividade preferida, era andar d bicicleta. Eu andava todos os dias, eu moro perto da cerra de Minas, o ar é maravilhoso, a vista é linda e o cheiro de terra somado com o vento no rosto quando se desce a montanha, é inigualável, e isso, me fazia feliz. Eu sou mais cega que um morcego, infelizmente, tenho mais de três graus de miopia e em um desses passeios, começou a chover muito, meu óculos embaçou e bom, você já deve imaginar, eu não enxerguei a pista e na tentativa de limpar a lente, não vi uma vala e sofri um acidente.
Geralmente meu irmão ia comigo, mas como a vida gosta de ser engraçada, naquele dia eu estava sozinha. Digamos apenas que o pneu da frente da bicicleta ficou preso na vala e eu virei 180 graus, cai de gostas e o guidão bateu com a força de uma bigorna no meu peito. Como eu estava sozinha, chovendo e pra melhorar, escurecendo, desentortei o pneu do jeito que dava, coloquei a correia de volta e voltei pra casa pedalando, quase 10km.
No dia a gente não sente, mas no dia seguinte, aaaaah meu amigo, acordei praticamente gritando de dor, em plena madrugada fiz meus pais levantarem em desespero, e para a surpresa de ninguém, quando fomos olhar, meu peito do lado direito estava praticamente preto, roxo e azul, um azul que já te digo, nem um pouco normal. Fomos pro hospital e após alguns exames, o diagnóstico foi três costelas quebradas. O médico disse que pela posição, elas calcificariam naturalmente e não precisaria de cirurgia, o que foi um alívio. Fiquei em observação e praticamente sedada em morfina por alguns dias, porém, quanto mais esses dias passavam, a dor piorava e piorava até chegar ao ponto de ser insuportável.
Meus pais marcaram outros exames, como ultrassonografia, exame de sangue e etc, e após tais, o médico da clínica disse que o trauma tinha sido severo, que meus músculos e nervos haviam absorvido completamente o impacto e bom, tive lesões extremamente severas, estiramento muscular, o tendão que se prende ao osso descolou completamente, os nervos intercostais que ficam entre as costelas tiveram ruptura, rasgaram e inflamaram, e a recuperação, disse ele, seria de 6 a 8 meses.
Para você ter uma noção, a dor, é indescritível, é de gritar e acordar chorando, não da pra respirar, não da pra andar, não da pra sentar, se movimentar, não da pra dormir. O peito parece que queima, parece que vibra de tanto que dói, as vezes acho que levar mil facadas no mesmo lugar doeria menos do que isso, e não é exagero. Eu fiquei praticamente o ano de 2019 inteiro de cama, acordava chorando dezenas de vezes por noite, as vezes chorava de exaustão e frustração porque dormir era impossível. Meus sonhos, você pergunta, todos descartados no lixo. Eu me sentia completamente entorpecida, era como um cadaver vivendo dentro de uma casca. Esse acidente literalmente acabou com a minha vida, se eu não podia sentar na mesa para almoçar com a minha família, imagina trabalhar, mudar pra outra cidade, fazer as coisas que eu sonhava? Essa experiência foi e continua sendo um inferno, porque até hoje eu estou no mesmo ponto, vivendo dia a dia com uma dor que não passa, só se aprofunda, não cura, não melhora, apenas atormenta e eu? Bom, não sobrou muito daquele eu feliz de 2018, voltei pro ponto zero.
Eu te pergunto, depois de uma experiencia dessas, depois de 1 ano e oito meses que estou vivendo esse inferno, isso não muda uma pessoa? Pois bem, muda sim.
Minha depressão voltou mais forte do que nunca, já não sentia mais vontade de fazer nada, parei de falar com as pessoas porque eu simplesmente não tinha mais forças, comecei a me isolar, a evitar contato, já não entrava mais em rede social, não sentia, não sinto, vontade de viver, de conversar de existir, e é nessas horas que a gente percebe quem realmente importa.
Meus pais e meu irmão estavam e estão do meu lado sempre, sempre que tenho febres, sempre que preciso de ajuda pra fazer alguma coisa; comer, ir de um cômodo para o outro e etc. E o 'E', o E me visita sempre que pode, vem nas férias, feriados e as vezes finais de semana, me ajuda, me distrai e é o amigo que eu não mereço, é praticamente meu outro irmão e eu agradeço a Deus até hoje por ter me dado esse presentinho mais que especial que eu amo mais que a vida. Tiveram noites que ele acordou de madrugada pra ver se eu estava com febre, computou todos os horários das minhas medicações pra me lembrar de tomar os remédios, quando ele não estava na minha casa sempre perguntava se dormi o suficiente, se comi o suficiente, se bebi água o suficiente. Ele me fez assistir Jojo inteiro e me aguentou todas as vezes que eu quis assistir Mo Dao Zu Shi de novo e de novo e de novo, tanto que agora é o anime preferido dele também e eu que sei, obrigada.
G, G foi um anjo também, ela ligava quando eu não conseguia dormir e assistia anime comigo, vinha vez ou outra e me tirava de casa, tinha toda a paciência de esperar eu andar devagar, sempre com a mão segura dentro da minha e bem, sempre perguntava se eu estava melhor, se estava bem e se precisava de alguma coisa, ela foi um amor, e dela não tenho nada a reclamar, será?
C, bom, C nunca perguntou nada, nunca quis saber como eu estava, apenas mandava mensagem quando precisava de alguma coisa, pediu que eu fizesse o design de uma tatuagem pra ela e mesmo com dor, sentei por horas e fiz, mandei pra ela e ela além de não agradecer, fez pouco caso e disse que tinha desistido de fazer. Okay, passou. C veio duas vezes pra cidade, até porque, a família dela mora aqui, ela faz faculdade em outra cidade e vez ou outra vem pra cá. Duas dessas vezes ela me chamou pra ir na casa dela, e eu idiota que sou, me arrumei e fui com dor mesmo, até porque, estava com saudades. Porém, o dizer da experiência? Uma pessoa com dor crônica involuntariamente geme toda vez que faz algum movimento, e comigo não é diferente, eu tento segurar mas as vezes o corpo responde e reage por si só, e C, ela sempre tinha uma piadinha na ponta da língua, "Nossa fia, não para de gemer não?", "Vai gemer a noite inteira? Não pode dar dois passos que geme." e caía na risada, instigando as outras amigas dela a fazerem o mesmo, e eu me sentia humilhada, e não era de menos. Da segunda vez que ela veio, ela me mandou a seguinte mensagem: "Quer vir aqui? Eu tinha chamado a Calrs, mas como ela não vai poder vir estou sozinha e entediada." e eu falei que ia, pra ela responder com "Então passa no mercado e compra pão de hambúrguer." era eu ou era o pão que ela queria a presença? Fica ai o questionamento pra vocês.
A noite prosseguiu com as mesmas piadinhas sem graças da outra vez e etc. Nunca mais mandou mensagem depois disso.
Inclusive, várias pessoas já me falaram que ela não era boa coisa, minha mãe principalmente, nunca gostou tanto dela, até meu ex, detestava ela com tudo que tinha, e eu sempre a defendi com unhas e dentes pra todo mundo que pensava em bufar um A contra ela. Até porquê, ela era minha melhor amiga.
A G, veio me ver uma noite, saímos e acabamos ficando e foi só aí que eu percebi que estava apaixonada por ela, fiquei dias juntando coragem pra confessar ou simplesmente esclarecer se poderia rolar algo ou não entre a gente, e já estávamos planejando de ficar de novo quando ela viesse da próxima vez.
No natal, as duas vieram pra minha cidade, e eu ia passar em casa com o E, já que minha família ia passar em outro lugar. O clima estava tenso passei a noite de natal com febre, deitada no sofá e praticamente evitando olhar pro E porque eu sabia que ele estava engolindo o choro, e sabe? Ele disse depois que doía me ver do jeito que eu estava e que ele simplesmente não conseguia não sentir, que se ele pudesse dividiria a dor comigo. Um anjo? Sim.
Na mesma noite recebi uma mensagem da C, perguntando se eu queria passar o dia 25 com ela e a G, elas iam subir uma trilha e passar o dia no rio, e obviamente eu respondi que não tinha condição, que se elas quisessem passar aqui em casa depois e passar a noite, a porta estava aberta, mas não, eu não podia ir, mas ela queria ir pro tal rio e tentou me convencer de todas as formas possíveis, e quando eu dei meu não definitivo, ela simplesmente não respondeu mais, e eu não me dei o trabalho de responder também. 'E' ficou revoltado e disse que a falta de caráter e a audácia dela era de dar ódio, que só eu não via o quão manipuladora ela era, e realmente.
Eu piorei depois disso, estava com uma ressonância marcada em São Paulo, e só de pensar nas agonizantes horas que ia ter que passar dentro do carro pra ir e voltar, já era o suficiente para me causar uma crise de pânico atrás da outra, e a partir daí comecei a me isolar completamente. Meu pânico de contato começou a se agravar, eu comecei a ter medo de falar com as pessoas e ter que explicar, ter ou que mentir que estava bem ou desmoronar quando dizia que não estava, e num desabado, postei em uma das minhas redes sociais que doía, doía estar presa dentro de mim mesma, doía não estar dando o melhor de mim pras pessoas que eu amava, doía não estar sendo boa o suficiente, e que tudo que eu pedia, era que não desistissem de mim se eu por algum motivo, eu me perdesse.
Dez minutos depois C respondeu ao desabafo, e essas foram as seguintes mensagens:
"A pessoa fica falando que os amigos abandonam ela mas ela mesma faz todo mundo se afastar, eu mesma já desisti, se faz pouco caso comigo, também faço pouco caso com ela. Se faz de vítima do cacete mas só faz merda. Reveja seus conceitos."
"Ain, não me abandona, mas quando eu tentava manter contato se fingia de morta, quando eu convidava pra sair sempre dava uma desculpa. Você está jogando todos os nossos anos de amizade no lixo e a culpa é sua SIM. Minha parte eu fiz, seu vitimismo e seu drama não me afetam mais."
Na mesma semana, um perfil sem foto e sem seguidores, basicamente uma conta fantasma, me mandou uma solicitação de mensagem e dizendo que me conhecia e conhecia tanto a C quanto a G e que essa pessoa não achava justo o que elas faziam; parece que C e G falavam de mim pelas costas, falavam pros outros que eu inventava essa dor simplesmente para chamar atenção, que provavelmente eu tinha até inventado esse acidente pra poder me fazer de coitada, que era puro drama e novela barata.
Eu não sei quem era, depois fui entrar nessa conta de novo e o perfil havia sido deletado. Só sei que nunca mais mandei mensagem pra nenhuma das duas, nunca mais vou também, não quis saber se era verdade ou não, simplesmente apaguei números, conversas e tudo que tinha relação com as duas, até porque, pelas mensagens que a própria C postou, bem provável que seja tudo verdade realmente, o que apenas dói mais ainda. Da C eu esperava, da G, não. Infelizmente, meu coração ainda pertence a ela mesmo depois de tudo, o que só piora as coisas pra mim.
Bom, só sei que precisava tirar isso do peito e perguntar para vocês, fui babaca por ter me isolado da forma que me isolei e ter permanecido em silêncio em momentos que eu estava em agonia? Fui babaca por não ter dado a atenção e o cuidado necessário pras minhas amizades quando eu deveria? Porque mesmo depois de muito tempo ainda sinto que é culpa minha isso ter chegado onde chegou, ao ponto que chegou. Eu sei lá, não quero conversar com elas porque sei que é caso perdido, o máximo que vou receber é desdém e sarcasmo, mas isso me perturba, talvez eu seja trouxa? Bem provável.

Enfim, era isso, mais um desabafo que um julgamento. Pra status, não consegui fazer a ressonância por conta do isolamento e meus pais acham que é arriscado me levar no hospital num momento desses. Esse mês faz um ano e oito meses que eu estou com essa dor contínua e não tenho prazo de melhora, mas sigo indo e sobrevivendo.
Lubisco e turma, obrigada por lerem minha trágica história. Dói um pouquinho menos depois de ter escrito tudo isso. E ah, não posso ir embora antes de coagir vocês a assistirem meu anime preferido, então anota Mo Dao Zu Shi aí e da uma olhada, melhor anime ever com o melhor ship LGBT do universo, recomendo ler o novel depois de assistir o anime e depois assistir o anime de novo porque tem muito detalhe que passa despercebido. Esse novel ganhou uns 500 prêmios e tem mais adaptação que o caralho, e é a única coisa que me trás um pouco de alívio e paz nessa situação, e espero que traga pra alguém nessa quarentena também.
Um grande beijo, S.
submitted by Shinvk to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.08 05:45 mariasabrinalana A AULA DA TRETA

Olá Lubisco,editores, papelões mortos,gatas e turma que está a ver(se eu for pro canal do luba eu sou mineira kkkkk)!Hj eu vou contar a história de como eu perdi 6 FUCKING AMIGAS por causa de uma aula de português.Bom,antes de começar a falar sobre isso,temos q falar de outros fatos.No ano de 2019,eu desfiz amizade com pessoas que realmente não me faziam bem, me ridicularizavam e abusavam da minha autoestima.Depois disso,eu fiquei MUITO,MAS MUITO TEMPO MESMO sem amigos.Uma das meninas do grupo de abusadoras de autoestima (vamos chamar ela de Carls),que não fazia nada comigo, veio falar comigo q desfez amizade com o grupo pelo mesmo problema q eu tive.Depois desse dia, nós viramos MELHORES AMIGAS,mas num nível EXTREMO.Ainda por cima pq éramos da mesma sala.Um dia, a Carls falou que queria passar o recreio com um grupo de meninas da nossa sala (o grupo vai se chamar Telletubies kakakakak),e eu disse q sim,pq elas realmente eram mto legais.Dps disso,a Carls,eu e as meninas do grupo Telletubies viramos melhores amigas( num nível extremo tbm). Agora q começa a treta.A minha sala tava tendo uma aula de português e o professor pediu pra que agente formasse duplas de nossa escolha(IMPORTANTE:contando todas as pessoas do grupo Telletubies,Carls e eu dá 7 PESSOAS).Eu pedi pra fzr dupla com a Carls mas ela já tinha feito dupla com uma menina do grupo Telletubies.Eu ACHANDO q não tinha ninguém sobrando pra fzr a atividade comigo, comecei a fazer sozinha.Uma das meninas do grupo Telletubies chego na frente da minha mesa e disse "PQ VC NN FEZ DUPLA COM A FARLS(vou dar esse nome pra menina)?!?!!!?!?Eu meio q voei,achando q a FARLS tava com alguém de dupla e falei "Olha,eu vou fzr sozinha".PRA QUE QUE EU FALEI ISSO.A MENINA QUE VEIO NA MINHA MESA FALOU PRA TODAS AS MENINAS DO GRUPO E TODAS(INCLUSIVE A CARLS)FICARAM COM RAIVA DE MIM.Dps dessa aula,elas não olharam pra mim.Eu tentei resolver,várias e varias vezes,só q nada adiantava.Mas não acaba por ai não.Um dia,a Carls me manda uma mensagem tentando amenizar as coisas,eu eu obviamente respondi.Só q, nas mensagens,querendo ser amigável e pelo menos recuperar uma amiga,falei q todas as meninas tinham feito o q tinham feito, menos ela.O engraçado é que em tudo q eu falei,ela falava que concordava.Dps de terminar a conversa,TODAS AS MENINAS DO GRUPO TELLETUBIES MANDARAM MENSAGEM FALANDO QUE EU A MINHA SITUAÇÃO SÓ TINHA PIORADO DPS DA CONVERSA COM A CARLS.Eu fiquei com tanta,mais tanta raiva,porque de uma certa forma a Carls me usou.Se antes a minha situação era ruim,AGR tinha piorado.Elas me ignoravam COMPLETAMENTE,fazendo com que a minha autoestima fosse totalmente pra baixo.Tinha dias q eu chorava no meio da aula de tão mal q eu tava,e a menina do grupo Telletubies que falou comigo na frente da mesa gritava "Pode fazer cena,mas ninguém vai te consolar".Isso só me deixava mais mal ainda.As minhas notas só pioravam,e cada vez foi ficando mais difícil.No meio disso tudo,eu acabei encontrando outro grupo de amizade (q hj são os meus amigos) e minha autoestima foi melhorando.Passaram-se alguns meses, e eu tentei conversar com as meninas do grupo Telletubies.Cheguei e falei "Olha,eu não sei se vcs vão me perdoar e tal,mas eu quero pelo menos que tudo fique em paz e que pelo menos nós possamos ter uma relação saudável".Elas tbm falaram q queriam fzr isso pq tava um clima muito pesado entre nós, então acabou q deu tudo certo.No mesmo dia, a Carls falou se eu não queria passar o recreio com elas, e eu falei que sim (em forma de tentar recuperar a amizade com elas).Foi ótimo, então eu continuei a passar o recreio com elas.Com o passar do tempo,parecia q elas tavam me excluindo em tudo(LITERALMENTE TUDO)e que eu só era uma estranha ali.Entao,com todo respeito cheguei e falei "Olha,gente,eu tô sentindo q vcs tão me excluindo em tudo que vocês fazem, então se vcs tem alguma coisa pra falar comigo,falem agr".Elas falaram que tava tudo normal,mas não tava.No mesmo dia,no final da aula,TODAS elas chegam pra mim e falam "Olha Maria,a gente não quer mais ser sua amiga.A nossa amizade acabou no dia em que você excluiu a Farls na aula de português".Eu fiquei muito,mas muito chateada,pq elas meio q tiraram de mim minha mlr amiga.Dps passou,mas até hoje tenho uma coisa guardada.E aí,Lubisco,eu fui babaca ou não?
submitted by mariasabrinalana to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 16:56 Anninhahh "se eu te chamei de vadia, teve motivo"

Essa história é de uma nice girl, que Jesus cristo eu não entendi até agora o que aconteceu
Bom, meu nome é Ana, tenho 15 anos e estudo num colégio estadual de Santa Catarina, sempre fui bem sozinha e essa história acontece em um período entre 2019 e 2020, bem recente certo? Tudo começou quando eu entrei nesse bendito colégio, no primeiro dia de aula não conversei com ninguém como de costume, sentei na minha mesa e fiquei lá embaralhando um baralho que sempre tenho comigo pra acalmar minha ansiedade, nesse dia, no intervalo que começava 9:45, está moça que chamarei de fósforo me convidou com a amiga dela pra ficar no intervalo com elas, caminhando e tal, porém eu recusei já que prefiro ficar sozinha no intervalo, nisso ela já me olhou torto digamos assim, não demonstrando ter gostado muito de mim (risos de nervosa). Quando o intervalo acabou fomos para sala e não conversei com ninguém, a aula acabou e fui adicionada no grupo da turma, durante a noite essa mesma garota disse "mais vcs n sabem doq falam" ai eu corrigi pra brincar, sim isso foi escroto mas vida que segue, ai ela se emputeceu muito e começou a me chamar de vadia e me encher de merda, e eu dando risada segurando o choro né, no dia seguinte na aula ela chegava em mim me xingando de vadia, todo mundo ouvia "vadia, sim é isso que você é, uma vadia", todo mundo dava risada até que falei pra orientadora e ela parou de me chamar disso na frente de todo mundo, mas ainda me chamava e eu ouvia ela falar mal de mim, abrindo meus status do Whatsapp e me zoando. Isso se seguiu por 2019 inteiro. O ano acabou, e como eu nunca tive muitos amigos passei as férias vendo as pessoas curtindo e postando milhões de status com namorado ou amigos.
Chega 2020, agora, o dia que eu estou escrevendo é dia 27 de maio de 2020, e isso aconteceu fazem cerca de 4 semanas, eu perguntei exatamente "precisa de slide para algum trabalho?", já que estamos em quarentena pedi se precisava no grupo da turma, e um amigo meu disse "pq a pergunta aninha?" e eu e ele nos tratamos com um pouco de ignorância normalmente e respondi na mesma moeda, chega a nossa amiguinha fósforo e diz "nossa, mas pq ser grossa assim?" eu respondo tranquilamente que eu só respondi na mesma moeda, e ela se incomodou, me chamou de grossa etc, eu só continuei falando se precisava de slide e tal, mas ela ainda querendo militar pra cima de mim, a conversa foi indo até que eu pedi "mas então fósforo, por que você me odeia?" e ela disse que foi por que eu falei mal do cabelo dela, e eu pedi quando eu fiz isso, ela não soube me responder e eu só dava risada, ela me chamava de vadia, chamava o "bonde" dela e as amigas dela defendendo ela com garras e dentes contra mim que só estava conversando e ela me xingando de tudo que podia, eu comentei "você não quer que eu te desrespeite (coisa que nunca fiz) mas me chama de vadia no meio da sala e todo mundo da risada?" então uma garota disse que isso era pesado e que não era algo saudável, uma amiga da fósforo chegou e disse "mas ela pede desculpa sim Ana, quando a gente brigou ela veio pra mim e pediu desculpa" e eu disse "mas então me responde do por que ela não me pede desculpa por todo o desrespeito comigo?" ela disse que se me chamou de vadia tinha motivo (?) coisa que nunca notei. Eu apenas desisti de tentar conversar com um acéfalo que nem ela e nunca mais comentei nada naquele grupo.
Essa foi a história, espero que tenha gostado, beijos <3
submitted by Anninhahh to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.21 01:36 MarquesDoPombal O COVID 19 NÃO EXISTE!!!

COVID 19 NÃO EXISTE!!!
A PLANDEMIA FOI COMBINADA num encontro a 18 outubro 2019, o chamado EVENTO 201, patrocinado pelo John Hopkins Inst e por Bill & Melinda Gates Foundation.
As estatísticas são adulteradas para perpecturar o medo e condicionar o compormento humano para gado, sendo que os médicos são "forçados" a assinar certidões de óbito causa de morte CV19 (um doente com cancro terminal que tenha "CV19", morreu de "CV19", ,as se o mesmo doente tiver um braço partido não morre de braço partido. MORRER DE CV19, NAO É O MESMO QUE MORRER COM CV19.
O USO DE MÁSCARA É PREJUDICIAL, causa fadiga, respiramos monóxido de carbono, causa stress e baixa as defesas do sistema iminutário, causando o aumento de problemas respiratórios.
Os testes ao CV19, não despistam nem isolam um micro organismo virulento que supostamente causa a dita doença, testam uma reação metabólia que pode ocorrer por centenas de outras causas. Aliás, o homem que criou o teste, afirmou que nunca poderia servir como meio de diagnóstico.
RESULTADO É DE 80% FALSOS POSITIVOS
MORREM +DE 650000 DE PNEUMONIA POR ANO, parou-se a economia mundial por causa disso?

Se o "cv19" sai com sabão azul e branco, para quê o alcoól?

O DISTANCIAMENTO SOCIAL É ESTÚPIDO, o ser humano carece de contacto físico, social, afecto.
PAREM DE VER NOTICIAS DOS MEDIAS, Pensem nas vossas liberdades adquiridas e previstas nos direitos humanos internacionais, e na alegria e educação saudável das crianças. LUTEM POR UM MUNDO MELHOR E NAO UM DISTOPIA TIRANICA AO MELHOR ESTILO DO LIVRO 1984
submitted by MarquesDoPombal to PastaPortuguesa [link] [comments]


2020.05.05 23:43 aquele_inconveniente Portugal cumpre o Art. 43º (Liberdade de aprender e ensinar) da Constituição?

Artigo 43.º

Liberdade de aprender e ensinar
  1. É garantida a liberdade de aprender e ensinar.
  2. O Estado não pode programar a educação e a cultura segundo quaisquer diretrizes filosóficas, estéticas, políticas, ideológicas ou religiosas.
  3. O ensino público não será confessional.
  4. É garantido o direito de criação de escolas particulares e cooperativas.

Olá a todos de novo. O meu último posto atraiu uma discussão saudável e exceptuando comentários pontuais achei a maioria construtiva, independentemente da posição dos diferentes participantes na discussão. Além disso, gostei de introduzir um tema controverso, algo que se comprova por uma proporção quase idêntica entre os muitos cima-votos e baixo-votos que recebeu. Isto só me motivou a introduzir mais tópicos semelhantes.
Hoje gostava de sugerir, a quem queira, discutir sobre a nossa constituição, mais concretamente o ponto 2 do artigo 43.
Apesar de ter lido a constituição há alguns anos, este ponto passou-me ao lado. No entanto, com o debate que hoje se fala de doutrinação de esquerda ou de direita em escolas públicas, saltou-me à vista numa releitura recente.
As perguntas que vos faço para uma discussão saudável é a seguinte:
  1. Está Portugal a cumprir com a sua constituição ou a tornar o ensino público permeável a doutrinações ideológicas (sejam vindas do que usualmente chamamos esquerda, ou direita)
  2. Caso não esteja a cumprir porque não vimos uma mudança constitucional (para regularizar a situação) ou estes temas discutidos pelo Tribunal Constitucional?

Convido quem quiser contribuir a mostrar outros exemplos que podem ser questionáveis, mas numa pesquisa minha pequena encontrei alguns que podem ser interpretados como ideológicos.
IMPORTANTE: Em nenhum momento gostava que se discutisse se algo devia ser ensinado ou não porque melhoraria a sociedade dependendo de uma dada ideologia. Também não quero defender a existência ou exigir a remoção de nenhuns dos pontos que apresento. Apenas quero introduzi-los para que nos possamos perguntar se existem temas doutrinários (independentemente de serem moralmente bons ou maus) e a legalidade disso
1. Temática da Identidade de Género ("Esquerda")

O manual EQUI-X corresponde à materialização do projeto com o mesmo nome que foi desenvolvido pelo CES-Universidade de Coimbra em parceria com o Promundo Portugal entre janeiro de 2018 e dezembro de 2019. O objetivo de EQUI-X foi o de promover as masculinidades equitativas e a igualdade de género entre jovens com idades entre os 12 e os 18 em escolas públicas do 2º e 3º ciclo do ensino básico e jovens do mesmo espectro de idades a cumprir medidas educativas em centros educativos em Coimbra, Lisboa e Vila do Conde. No total, a equipa do CES conduziu 52 sessões educativas com um total...
https://www.cig.gov.pt/wp-content/uploads/2020/01/Manual-EQUIX.pdf
Esse documento é um manual de como educar os jovens para este tema. Dentro deste manual encontramos repetidamente o conceito de "masculinidades não violentas" e a sua importância mas nunca o conceito de "feminidades não violentas", sugerindo um enviesamento doutrinal por parte dos autores contra o sexo masculino
Além disso há afirmações como as seguintes:
É o género que sentes ser! Género é uma construção social, baseada em padrões histórico-culturais, atribuída às pessoas de uma sociedade de acordo com o sexo. Por ser um papel social é mutável. Em Portugal apenas são legalmente reconhecidos os papéis de homem e mulher
Acho por exemplo diferente dizer que identidade de género existe ou não, de classificá-la exclusivamente como construção social (como se vê no excerto) e usar frases como "É o género que sentes ser". Mais preocupante é a incoerência deste discurso, pois se por um lado diz que é construção social, por outro diz que é atribuído de acordo com o sexo (incompatível com a ideia de que é algo independente do sexo biológico)
Existem mais pontos controversos, ou incoerentes, como definir "sexo" como sexo biológico mas depois referir que orientação sexual incide sobre o género do outro e não o sexo. Ex. um heterosexual necessariamente teria de ter atracção não só pelo sexo feminino mas também por transgéneros que tivesse nascido homem e se identificasse como mulher.
Além de haver muito diálogo e ausência de consenso na comunidade científica sobre este tema, o próprio sujeita-se a questionamentos e a atribuição de implicações profundas para a sociedade que roçam a ideologia.
2. Educação Moral e Religiosa ("Direita")
Apesar de ser católico, acho que a existência da disciplina de Educação Moral e Religiosa, entra em conflicto com o que se colocou na constituição.
Este ponto pode ser considerado por muitos como menos problemático que o primeiro, principalmente pela possibilidade dos pais poderem optar por terem o filho nesta disciplina ou não. Algo não presente na identidade de género (ponto 1)
Apesar desse ponto de ser opcional, o artigo diz que o Estado não pode programar a educação seguindo diretrizes religiosas. Como esta disciplina tem um programa definido pelo ministério de Educação então não me parece que seja completamente em linha com o que se colocou na constituição. Quanto muito é algo num campo cinzento.
Em contrapartida existe a catequese, que não é obrigatória e não responde ao Estado.
3. Debate
As escolas sempre foram armas para diferentes regimes. Durante o Estado Novo formavam-se cidadãos com pendor nacionalista exaltando doutrinas nacionalistas. Na União Soviética fazia-se o mesmo sobre o comunismo, e hoje na China continua-se a fazer o mesmo. Não sei se só porque somos uma democracia nos torna imunes à tentação ds elites que nos governam ,e que têm acesso à programática do ensino público, aumentarem os seus futuros votantes usando as escolas públicas.
Acho muito diferente formar cidadãos competentes, ensinando civismo (não sujar as ruas, não insultar ou discriminar ninguém na rua, etc), matemática, histórica, química, etc do que abrir espaço para coisas que ainda que em voga e apoiadas pela sociedade num dado momento não deixem de ser ideológicas.
Com certeza existem muitos outros pontos, e estou certo que alguns de vós até me podeis explicar que um destes dois não é doutrinal. No entanto acho que é um tema relevante a debatermos pois independentemente da doutrinação pender para a esquerda ou para a direita, a sua existência é um precedente para que no futuro possamos ter algo bem mais perigoso.
Obrigado pelo vosso civismo!
submitted by aquele_inconveniente to portugal [link] [comments]


2020.04.27 10:52 mptrzz Quero que meus pais se divorciem.

Mal posso imaginar a dor que muita gente passa por consequência de divórcio. Mas minha mãe merece uma vida MUITO melhor.
Vamos do começo... Tenho 24 anos e ainda moro com meus pais. Acredito que é porque desperdicei boa parte da minha juventude (em que eu poderia ter investido no meu futuro) com festas, rolês, maconha e álcool.
Aliás, meus pais são alcoólatras. Não aquele estereótipo de dar barraco todo dia, dormir na sarjeta, etc. Mas ainda muito tóxico. Certeza que isso me influenciou a entrar cedo no alcoolismo. E parei de beber após tentar me suicidar com um coma alcoólico em 2016.
Após isso, conheci minha atual namorada e coloquei minha vida nos trilhos. Isso me deu extrema clareza e hoje vejo tudo que há de errado.
Meus pais e eu nunca dialogamos bem, sempre cada um no seu mundinho particular. Mas isso piorou muito quando entre 2014-2015 minha mãe decidiu cuidar (na maioria das vezes sozinha) dos meus avós (pais dela) devido a doenças degenerativas.
O baque de assistir meus avós adoecendo somado a vida nada saudável que eu vivia foi o que acarretou a minha depressão. Mas o que eu sofria por empatia, meu pai sofria por egoísmo.
Meu pai sempre quer que ele seja a prioridade, se impõe como chefe/lídesuperior, mas quem trabalha e paga as contas é minha mãe que, por outro lado é extremamente passiva. Mesmo ela ralando pra lidar com os cuidados dos meus avós simultaneamente com o emprego, ainda se sentia na obrigação de lidar com a carência do meu pai.
Durante esse período doloroso que passou com o falecimento dos meus avós (agora entre 2019-2020), meu pai só deu trabalho. Minha mãe justificativa o alcoolismo dela com a necessidade de um tempo pra relaxar, mas ele não precisava de justificativa, passava dos limites todos os dias. Tanto que quase morreu de diabetes por tanto beber. Mas não aprendeu a lição, pois continua passando dos limites.
Durante esse período, ele teve diversos episódios de agressividade, mas sem agressão física e só durante a bebedeira porque ele é um covarde bundão.
Minha mãe é tão passiva e se encontra num relacionamento tão abusivo que em um desses episódios ela começou a chorar implorando pra mim que eu não chamasse a polícia pra ele pois ela tem medo do que "os outros" (seja lá quem são) vão pensar.
Hoje em dia com a quarentena ela tá passando mais tempo com ele do que jamais passou. E ela transparece muito fácil o quanto está detestando. Mas jamais admite.
Foda, né? Minha mãe é uma mulher incrível, inteligente, linda, trabalhadora, carinhosa, mas muito passiva. Eu converso com ela, tento introduzir ela ao feminismo, tento fazer ela enxergar que ela merece uma vida MUITO melhor, mas ela insiste em fingir que tá tudo bem.
É errado desejar tanto assim que ela se divorcie dele? Sei que é meu pai e que no fundo ele me ama do seu jeito, apesar de tudo. E que, no geral, ele tem problemas psicológicos tratáveis. Mas eu já perdi a esperança de que algum dia ele busque ajuda ou se cuide. Porém, na minha mãe tenho toda a esperança do mundo e torço e luto todo dia por uma vida melhor pra ela.
Alguma sugestão de como alcançar isso? Qual a sua opinião?
submitted by mptrzz to desabafos [link] [comments]


2020.04.21 02:44 televone 1 ano sem cocaína.

Olá leitores.
Depois de conhecer a droga, em agosto de 2018, iniciei um uso social e constante, regado a álcool, cigarro e maconha durante as madrugadas de finais de semana. Em janeiro de 2019, no mês do meu aniversário, descobri que iria ser pai. Então, usei essas substâncias pelas últimas vezes e decidi que iria largar as drogas, tudo.
Larguei, me afastando dos ex-colegas de drogadição e conquistando um bom trabalho. Decidimos iniciar a vida sozinhos, com o nosso filho. Em outubro de 2019 nos mudamos, com a ajuda de um parente abastado financeiramente (e que passou pelos mesmos problemas que nós na juventude), que disponibilizou uma de suas casas de aluguel para morarmos, cobrando um valor simbólico.
Realizo que trabalhar sem estudo, na rotina casa e trabalho, não é uma posição estável, saudável ou sequer promissora. Decidimos ingressar no ensino superior. Consigo uma bolsa parcial pelo ProUni, em uma das melhores faculdades para o meu curso, com a ajuda financeira da minha mãe (que até antes da crise eu sabia que ela conseguiria arcar).
Então, no começo de março, o meu contrato termina. Não fui efetivado, as contas estão vindo, o auxílio emergencial não caí, e os processos seletivos no qual participo não consigo ser selecionado. Consegui ir para a última fase em um processo Mercado Livre. Mas na segunda vez de me apresentar, omiti algumas informações da minha vida pessoal, acreditando que iriam me prejudicar, e então acabei me enrolando, era o meu último dia no antigo emprego (não fui para fazer a entrevista) e acabei não sendo selecionado.
Já no início da quarentena eu participei de outro processo, em uma empresa de consultoria holandesa. Me arrisquei no inglês (fazia um curso, mas está trancado há 8 meses) e acabei todo enrolado também. Eu falava muito bem, agora está uma porcaria.
Agora, em quarentena, frequentemente ressurge a vontade de consumir cocaína, cigarro e às vezes maconha. Ainda, voltei para o vício da pornografia e da internet. E a produtividade do estudo está caindo. Tenho ciência de que o estresse causado pelo confinamento pode ressurgir vícios, visto os relatos ditos aqui no Reddit.
Para tentar refrescar a mente, tenho ido aos mercados longes da minha casa.
Enfim, um desabafo.
submitted by televone to desabafos [link] [comments]


2020.04.15 08:11 mdreveck Não entendo meus sentimentos

Vou resumir a história pra vocês. Antes de tudo, sou homem com 26 anos.
Em agosto do ano passado, comecei a me envolver com uma colega do meu antigo trabalho. Saímos frequentemente juntos, basicamente todos os finais de semana e em alguns dias de semana levava ela para a casa, mesmo sendo o sentindo oposto da minha (coisa de 20km). Em um pouco tempo todos do trabalho já sabiam o que estava rolando entre gente e nenhum dos dois viu problema nisso. Inclusive até brincávamos da nossa relação. Falei dela pra minha família (nunca cheguei a apresentar) e ela falou de mim pra família dela, inclusive conheci sua irmã. Até fazíamos planos de ficar juntos por um bom tempo. Tivemos uma relação com bastante intensidade, maravilhosa, um relacionamento muito saudável, porém em pouco tempo. Isso durou mais ou menos 2 meses e meio. Eu vivia no céu e estava realmente apaixonado por ela, nem acreditava que eu poderia sentir aquilo novamente. Ela trouxe aquele sentimento da adolescência de quando você se apaixona e fica com aquele frio na barriga gostoso. Porém, como nem tudo são flores, a vida decidiu me dar uma rasteira. Fui do céu ao inferno em pouco tempo. Nossa relação era maravilhosa, nunca brigamos ou qualquer coisa do tipo e sempre tivemos maturidade pra falar se não gostassemos de algo. Certo dia de novembro, ela me chamou pra conversar, fomos tomar um chopp e aí ela me deu a terrível notícia que não queria mais. Eu fiquei sem chão. Ela alegou que não tinha a mesma intensidade de sentimento que eu, e não sabia se era capaz de se apaixonar, visto que eu já estava muito. Ela tinha medo de me magoar no futuro. Também ela havia recém saído de um relacionamento de 5 anos e falou que ficou todo esse tempo com ex, por puro comodismo, e que ela não havia sentindo nesse tempo "borboletas no estômago" e tinha medo de ser assim comigo também. Ela queria se apaixonar, porém não conseguia. (Só que ela falava sempre durante nossa relação que gostava muito de mim). Infelizmente, eu não tinha o que fazer. E meu mundo desabou, não conseguia entender o porquê daquilo, visto que a gente se dava super bem em tudo, desde de conversa até na cama. Pra ajudar, no mês seguinte fui demitido do meu trabalho, concluindo a merda do ano de 2019 com chave de ouro. E nunca mais nos falamos, desde então. Eu não tenho redes sociais, então hoje não tenho mais nenhum tipo de contato com ela.
E por que eu não consigo entender meus sentimentos?
Desde dezembro, praticamente todos os dias penso nela. No começo até achei que passaria logo, que era apenas uma frustração de momento, porém essa angústia não passa. Como algo que durou apenas 2 meses e meio pode me angustiar por tanto tempo assim? Todas as noites penso nela, sonho frequentemente que estamos juntos e eu não consigo superar. Vivo relembrando nossos momentos e não vejo graça nenhuma em outras mulheres. Não consigo desenvolver nenhum afeto por outra pessoa e até transar se tornou algo sem graça. Já vivi o fim de um namoro de 3 anos e não foi tão ruim, como tá sendo agora. Eu quero superar, porém não consigo.
Por que dói tanto? Sendo que 2 meses e meio é um tempo muito curto juntos.
submitted by mdreveck to desabafos [link] [comments]


2020.02.21 14:56 AdsonLeo [Encontro Miojo] Coração de Palha (1º Lv; D&D 5e)

Olá pessoal. Segue uma aventura que publiquei há um bom tempo em um blog pessoal. Fazia parte de um draft inicial para testar o formato do blog e ver se dava certo e se eu conseguiria formatar algo que fosse nas linhas da 5ª edição e funcionasse como uma aventura rápida e digestível mas ainda assim profunda e que desse ganchos e opções. Também tinha como objetivo servir de complemento ao conto postado anteriormente, para dar mais valor a cada um dos conteúdos.
Depois de um tempo parado decidi postar aqui, onde há mais visibilidade que um blog com divulgação zero da minha parte. O objetivo é mesmo divulgar o meu... trabalho, não sei... e receber opiniões. Quem se sentir confortável para dar um feedback ficarei muito grato. A ideia é trazer mais coisas como essas caso seja um conteúdo válido e que as pessoas tenham algum interesse.
Para aqueles interessados o conto Voo de Asas Cortadas serve de prelúdio para essa aventura e, além de ser uma leitura legal, te ajudará a dar cara aos personagens e clima ao cenário. Como com qualquer aventura pronta, no momento que você a pega ela é sua. Faça o que bem entender! A única coisa que peço é para que, caso se divirta e use elementos dela, dê o devido crédito ao blog e autor (no caso eu). Ajuda bastante!
Este encontro é feito para um grupo de aventureiros de primeiro nível mas, como sempre, use como achar melhor. Mesmo que os encontros sejam fáceis no final o importante é a história e as consequência que virão dela. Nomes apresentados em negrito significam uma criatura presente em algum livro de D&D 5ª edição. Logo depois dele, entre parênteses, virá uma notação com o livro e a página. Sem mais delongas, fiquem com o miojão... digo, encontro de hoje.

Ganchos de Aventura

Seja como one-shot ou um episódio de uma campanha, você pode usar esse encontro da forma que quiser. Os aventureiros atravessaram uma névoa misteriosa e se encontram num local desconhecido. Ou os moradores de uma vila buscam ajuda para lidar com o casarão assombrado que fica afastado. Talvez todos que foram investigar o local não voltaram, e aqueles que passam lá perto escutam vozes e sons indicando atividade, porém estão assutados demais para se aproximarem. Quem sabe seja a casa de uma antiga companheira dos aventureiros, que resolveram passar para uma visita rápida.
Seja como for, o grupo se encontra de frente à propriedade sombria.

Localização

Mesmo durante o dia uma névoa mantém tudo escurecido e os aventureiros não enxergam muito longe. Vá descrevendo e dando os detalhes a medida que se aproximarem de cada estrutura. A propriedade consiste de uma casa, uma plantação pequena e um celeiro. Básico. Alguns corvos se empoleiram nos telhados das construções e voam preguiçosamente em círculos sobre o grupo. As aves crocitam constantemente, formando uma melodia macabra.

1. Casarão Abandonado

A casa pode ser tão pequena ou grande como você quiser. Ela está velha e suja, poeira por todo lado e teias de aranha muito densas nos cantos, além de parecer completamente abandonada. Distribua cômodos e mobília como quiser. Peça um Dexterity Saving Thrown de DC 13 para o primeiro que entrar. Numa falha ele leva 3 (1d6) pontos de dano piercing quando o chão se rompe sobre seus pés e as lascas de madeira perfuram sua perna.
O chão range constantemente e o grupo começa a ouvir vozes infantis vindo de algum lugar do alto da casa. As vozes dizem "Papa, papa" e, se decidirem investigar, eles se deparam com 4 (2d4) corvos, Raven (Monster Manual, 332). As aves imitam o som humano e pouco a pouco se empoleiram nas janelas, observando com seus pequenos olhos negros os aventureiros. Caso alguém ataque as aves elas voam ao redor dos personagens e os atacam com bicadas até que metade delas tenha sido derrotadas, no que as demais voam pela janela mais próxima.
Pela casa é possível encontrar retratos de um casal e, dentre as coisas esperadas numa casa normal, roupas para um bebê semi-costuradas. Um sucesso em um teste de Intelligence (investigation) DC 18 revela uma abertura secreta em um dos quartos. Dentro estão presentes antigas roupas de viagem, um foco arcano na forma de um pé de um ave de rapina, um manto de penas negras e uma algibeira com 10 gemas no valor de 50 pesos de ouro cada. Esse é todo o tesouro na casa além de kits de cozinha e outros utensílios domésticos comuns.

2. Plantação

Nada saudável cresce neste local, e a estacas de madeira pendem tortas onde antes um espantalho estaria. Caso os aventureiros tenham atacado os corvos na área 1 e pelo menos um tenha fugido o espantalho na área 3 fica ciente da presença deles e se disfarça como um objeto no centro da plantação. Um sucesso em um teste de Wisdom (perception) DC 16 revela sinais de movimento recente vindo do celeiro.
O espantalho se defende caso seja descoberto e atacado. Caso contrário espera os aventureiros passarem por ele e os pega de surpresa, tentando assustar um deles na primeira rodada. Se iniciar o turno com metade ou menos de vida, o espantalho foge para o celeiro, mudando claramente de postura, indo da ferocidade e loucura anterior para medo e desespero. Os corvos sobreviventes o seguem.

3. O Celeiro

A construção não é muito grande e está tão velha quanto o casarão. Com um sucesso em um teste de Wisdom (perception) DC 12 é possível ouvir o constante crocitar misturado com os sons de "Papa, papa" vindo de dentro. A porta está trancada e é possível abri-la com um sucesso em um teste de Strength (athletics) DC 15. As janelas estão barradas por tábuas de madeira pregadas.
O interior possui algumas caixas e sacos, mas o que mais chama a atenção é uma grande quantidade de cascas de ovo e penas negras espalhadas pelo local. Dentro de uma gaiola na extremidade oposta à entrada se encontra uma corvo (igualmente um Raven) enorme, que se vira para os aventureiros assim que eles entram. O local é escuro e a única iluminação presente é a fraca luz do sol filtrada pela névoa vinda da porta aberta. Na escuridão é possível ver o brilho de dezenas de olhos os observando em variadas alturas enquanto crocitam e repetem as palavras.
Dentro também está um espantalho, Scarecrow (MM, 268). Caso os aventureiros não consigam abrir a porta do celeiro na primeira tentativa o espantalho tem tempo para se esconder. Faça um teste de Dexterity (stealth) com vantagem para ele, ou use a stealth passiva (10 + Mod. de Dex. + 5 proveniente da vantagem) para pegar os aventureiros de surpresa caso eles tenham forçado a porta. Execute aqui a luta descrita no segundo parágrafo da área 2.
Tenha o espantalho fugido para cá ou lutado já no celeiro, com um terço da sua vida ele muda de atitude repentinamente e se joga de joelhos em frente aos aventureiros. Ele não fala mas entende comum, e tenta se comunicar desesperadamente por meio de gestos. Um teste bem sucedido de Wisdom (insight) ou Intelligence (investigation) DC 10 permite aos personagens entenderem o básico da mensagem.
O espantalho pede calma e diz não querer lutar, mas só consegue manter-se longe da loucura por pouco tempo. A cada poucos segundos ele agarra a cabeça, a balança forte e olha em direção aos corvos que os observam antes de voltar ao normal. Ele pede os aventureiros para libertarem a ave dentro da gaiola e os leva para um canto do celeiro. Neste canto, deitado no chão desacordado e acorrentado, está um humanoide meio corvo do tamanho de uma criança humana, um kenku, com a pele exposta em locais que suas penas foram arrancadas. O espantalho pede para que matem esse ser.
O kenku não possui nenhuma opção ofensiva, tem apenas 1 HP e qualquer ataque contra ele automaticamente acerta. Depois de morto, o kenku retorna à forma de uma criança humana. Todos os corvos no local, 10 (5d4) Raven, atacam os aventureiros, e a ave dentro da gaiola crocita o mais alto possível, se lançando contra as barras.
Caso libertem a corvo antes de matarem o kenku, ela tenta protegê-lo a todo custo, se interpondo entre o espantalho, os aventureiros e ele. Se já o tenham matado ou o façam, ela tenta voar para longe. Todos os corvos no local a seguem numa revoada.
Se, no final, decidirem por libertar a corvo aprisionada e manter ela e o kenku vivos, o humanoide não acorda de jeito nenhum e a ave não sai do seu lado. Os corvos no local pouco a pouco se aproximam, vindo pelo chão e se empoleirando mais próximos da cena.
Independente do que acontecer o espantalho volta à loucura e ataca o grupo novamente, lutando até a morte. Se eles forem gentis com a corvo todas as aves no local os ajudam contra o espantalho. Se a atacarem todas as aves lutam até a morte contra eles.
É possível se comunicar telepaticamente com a corvo presa. Ela revela toda a história do conto, inclusive que se chama Magleth e como ela, o marido e o filho foram transformados por servos da Rainha Corvo e não conseguem se livrar desta maldição de forma alguma, apesar de que em alguns momentos a magia vacila e o marido parece recobrar a consciência. Ela pede para que enterrem, cremem, ou executem algum outro ritual para libertar a alma da criança. Com isso feito ela se vê livre para voar com seus outros filhos ou talvez se unir ao grupo e tentar voltar à sua forma humana.
submitted by AdsonLeo to rpg_brasil [link] [comments]


2020.02.09 15:37 wagnerteixeira2 ➙ Curso FIT Lucrativo e Bom? Reclame AQUI Reclamações - É FRAUDE?

➙ Curso FIT Lucrativo e Bom? Reclame AQUI Reclamações - É FRAUDE?

Curso FIT Lucrativo e Bom
Veja tudo do Curso FIT Lucrativo e Bom para Iniciar um negócio próprio é o desejo de todo mundo. Lendo sobre o mercado de alimentação saudável, mais especificamente, de Marmitas Fitness percebi que poderia ser uma oportunidade de começar um negócio próprio com baixo investimento.
Com a correria do dia a dia, as pessoas desejam se alimentar bem mas enfrentam dificuldade pois costumam não ter tempo para montar uma marmita com comida saudável para levar para o trabalho e também não tem dinheiro para comer em restaurantes diariamente.

Curso FIT Lucrativo Review Completa, O que é o Curso FIT Lucrativo?

O Curso FIT Lucrativo e Bom é um método que te ensina a ganhar dinheiro vendendo marmitas fitness. Você vai aprender a fazer um plano de negócio, de como iniciar um negócio e aprender Como Fazer Marmitas Fitness para Vender, que vai te acompanhar desde a confecção às formas de armazenamento, congelamento e transporte. Um método completo criado por chefs e nutricionistas com o passo a passo para iniciar um negócio lucrativo de Marmitas Fitness e alimentação saudável para quem não tem tempo e precisa se alimentar bem gastando pouco. O curso online Fit Lucrativo criado por por Ana Laura Ferraz promete promete te ensinar a Criar do Zero um negócio de Marmitas Fit para Vender.
FIT Lucrativo? Tem Garantia?
FIT Lucrativo tem uma garantia estendida de 30 dias, ou seja, se por algum motivo você não ver resultados e desejar pedir o seu investimento de volta, sem problema! A Ana Laura Ferraz devolve todo o investimento.
PARA ACESSAR SITE OFICIAL Curso FIT Lucrativo TODAS AULAS E MATERIAL DOWNLOAD
CONFIRA MAIS AQUI: https://origemfatos.com/curso-fit-lucrativo-como-funciona/
submitted by wagnerteixeira2 to u/wagnerteixeira2 [link] [comments]


2020.02.05 05:16 shakadevirgem 5 propagandas infantis que o governo não quer que você veja.

Eu vi alguns posts recentes neste sub sobre a feliz decisão do governo de flexibilizar as normas que regulam a propaganda infantil no brasil. A maioria dos usuários comemorou a decisão acertada, mas acho que falta ainda dar uma certa ênfase na seriedade do assunto, a maioria das pessoas não se dá conta de como a legislação brasileira é draconiana e autoritária e fode os empresários sem dó nem piedade.
Por isso eu resolvi compilar alguns casos recentes de propagandas infantis perseguidas pelo Estado por diversos motivos.
Para deixar a coisa mais interessante, farei da seguinte forma: Vou postar 5 materiais de campanhas que foram censuradas primeiro, assim vocês podem assistir e tentar imaginar qual foi o motivo da censura e qual foi a punição que a empresa tomou (cada propaganda tem uns 30 segundos).
A resposta vai estar no final, quem estiver sem saco pode pular direto pra lá.
1-Propaganda de mochilas da Sestini veiculada em 2017.
2-Campanha Bauduco "É hora de Shrek" veiculada originalmente em 2007
3-Degustação e oficina de bolinhos Ana Maria em Shoppings de São Paulo
4-Canpanha da Rihappy "O maior presente do Mundo" de 2015
5-Campanha da Danoni "Mini Dinos - Poderes da natureza" de 2015
Respostas:
1 - A Sestini fez uma propaganda de mochilas e colocou o personagem Macaco Louco usando um turbante. Neste momento uma personagem caçoa dele dizendo "vergonhoso!". A propaganda foi considerada racista pela Uneafro e pelo coletivo negro Oyá. Após denúncia, a empresa resolveu fazer um acordo com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo, em que se comprometeu a pagar R$ 80.000,00 pelos "danos morais difusos" causados, adotar política de cotas na companhia e se abster de realizar qualquer publicidade infantil, entre outras coisas.
2-Em 2007 a Bauducco fez uma promoção que funcionava da seguinte maneira, você juntava 5 pacotes de biscoito, acrescia 5 reais e trocava por um relógio. A propaganda é velha, mas como a justiça brasileira é muito eficiente, a questão só chegou ao final em 2017. A Bauducco foi condenada a pagar R$ 300.000,00 de multa por venda casada (compra de um produto condicionada a compra de outro produto). Detalhe, este tipo de entendimento pode afetar também outros tipos de produtos como os brinquedos do kinder ovo e os brindes do Mc lanche feliz.
3-Em 2015, a marca de bolinhos Ana Maria promoveu diversos eventos em shopping centers de diversos Estados. As ações envolviam degustações de bolinhos e oficinas gratuitas de confeitaria para crianças. Vocês podem achar vídeos das oficinas no youtube, mas como envolve imagem de crianças, preferi não postar. A Bimbo, dona da marca Ana Maria, foi investigada pelo Ministério Público de São Paulo (Inquérito Civil de nº 48/16) e sofreu representação no Conar. Entre outras alegações, foi afirmado que a empresa estaria incitando uma alimentação prejudicial para crianças e que deveria alterar a campanha para promover alimentação saudável. Temendo mais represálias a empresa preferiu cancelar próximas edições dos eventos.
4-Em 2015, a Rihappy realizou a promoção "maior presente do mundo" que funcionava da seguinte maneira, a cada compra no valor de R$60,00, o comprador podia indicar uma criança para participar de sorteios de caixas de brinquedos e vales-presentes nos valores de R$ 1.000,00 a R$ 20.000,00. A campanha foi alvo de investigação do MP de São Paulo, pois estaria usando "apelo imperativo de consumo" ao público infantil. A empresa ajustou um acordo com o órgão e pagou somente 100.000 reais de indenização por "dano moral difuso" causado pela propaganda.
5- Outra campanha de 2015. Nesta peça publicitária o dinossauro mascote da marca danone entrega as crianças miniaturas de dinossauro de diferentes cores. As crianças manuseiam os brinquedos e ganham poderes sobre os elementos da natureza. A propaganda ensejou processo administrativo por parte do PROCON de Santa Catarina, que estabeleceu multa no valor de R$ 108.778,41. A decisão do processo afirma, entre outras coisas, que a utilização de elementos lúdicos e fantásticos na propaganda infantil caracteriza publicidade enganosa. Ao fim do processo a Danoni preferiu pagar a multa e não recorrer.
submitted by shakadevirgem to brasilivre [link] [comments]


2020.02.04 13:16 rubensheik Sinto que estou sendo prejudicado no trabalho

Olá Redditors,
Quero pedir a opinião de vocês, porque pode ser apenas uma impressão equivocada minha, e eu não desejo criar um clima ruim por aqui.
Ano passado, nosso gerente fez uma reunião com a equipe no qual faço parte, para informar sobre as férias do nosso facilitador (mesma coisa que líder) da equipe, na ocasião, um membro foi escolhido pelo facilitador para que o substituísse durante aquelas férias, porém ficou claro que na próxima oportunidade, eu seria o escolhido. Até aí tudo bem, as férias do facilitador acabaram, e passou-se um tempo e a próxima oportunidade veio, o facilitador precisou viajar por 20 dias, e prontamente a mesma pessoa assumiu o lugar dele, já que o gerente não se manifestou eu não disse nada, fiquei apenas me remoendo, e assim ocorreu durante todo o ano de 2019, e este sentimento de estar sendo passado para trás sempre crescendo.
Agora chegou 2020, o facilitador viajou ontem e adivinhem quem está lá sentado na cadeira dele? Gostaria de pedir a opinião de vocês sobre como devo me comportar com relação a esta situação, particularmente me sinto um pouco frustrado porque minha dedicação a empresa é total, e minha vontade de crescer é grande, não quero ser prejudicado de forma alguma, é fato que assumir o lugar do líder é um ensaio para liderança.
A pessoa em questão é meu amigo e nossa rivalidade é saudável.
O que vocês fariam em meu lugar?
submitted by rubensheik to brasil [link] [comments]


2020.01.19 22:58 Estagiario_da_ZYX Organized Play da Galápagos em 2020

Na semana passada a Galápagos Jogos anunciou seus planos para o Organized Play em 2020 para os jogos da distribuidora. Nesse ano só teremos apoio oficial para o X-Wing e Keyforge. Então vamos ver o que vem para nós em 2020.
INVESTIMENTOS
Em 2019, Keyforge confirmou sua força no Brasil, batendo todos os recordes de vendas e público em apenas alguns meses da chegada oficial no país.
Consolidamos a agenda de novidades com a estréia de Colisão entre Mundos em dezembro, a terceira e mais aguardada coleção, lançada apenas algumas semanas depois da estréia mundial. Isso colocou os brasileiros no mesmo ritmo dos lançamentos internacionais, começando 2020 com tudo!
Nesse ano vamos ampliar ainda mais os esforços de Marketing (na divulgação, produção de conteúdo e presença em grandes eventos), suporte a lojas (com treinamento e capacitação de lojas e luderias, melhorias e ampliações no programa de Parceiro Æmber) e foco estratégico em grandes torneios (alguns nunca antes vistos no país!), transformando a experiência incrível que tivemos com o Grand Championship 2019 em uma rotina mais presente ao longo do ano.
Atenção para o esforço de marketing na "produção de conteúdo". Atualmente temos uma grande lacuna nesse ponto. Eu só vejo conteúdo de canais ensinando a jogar e dando primeiras impressões, não vejo nada sobre gameplay avançado, estratégias, metas, etc.
Na minha opinião, enviar um starter set para um Youtuber de MTG não é investimento em Marketing.
Outro ponto é são os "torneios nunca antes visto no país". Acredito que estejam falando sobre os primes, já que no passado não tivemos. E também quem sabe o Vault Tour e Vault Warrior, ainda não confirmados.

LANÇAMENTOS
Algumas certezas que já temos quanto à agenda de lançamentos de Keyforge é que teremos duas coleções por ano: uma chegando em meados de maio e outra em novembro.
Isso dá um tempo generoso para que lojas e luderias possam explorar muito bem os detalhes adicionados a cada lançamento. Assim, todos podem planejar com propriedade seus investimentos no cenário do produto, mantendo inclusive seus decks de coleções passadas dentro da rotina. Isso acontece porque, mesmo após os lançamentos posteriores, não há uma desqualificação de coleções mais antigas em detrimento às novas.
O Chamado dos Arcontes, Era da Ascensão e Colisão entre mundos podem coexistir na grande maioria dos torneios realizados semanalmente, o que pode até gerar alguns embates bem interessantes.
Dessa forma, o lojista pode trabalhar com mais tranquilidade suas ativações, aproveitando todos os esforços de comunicação feitos lá fora e aqui no Brasil também. Para nossos clientes fica ainda melhor: novidades seguindo o cronograma mundial, já em português, ampliando o acesso a todos!
Para mim não ficou claro que o nosso calendário para vai acompanhar o internacional. Aí é só torcer para a logística da Galápagos funcionar direito.
GRANDES TORNEIOS vs TORNEIOS DE LOJA
O foco maior da Galápagos Jogos estará em trazer experiências impactantes e a atenção do público ao produto, apresentando Keyforge a novos clientes e acelerando a construção de uma comunidade saudável, estimulante e ativa, criando um cenário muito favorável para as lojas que investem seus esforços na cena.
Keyforge é um dos produtos foco para 2020 e além, tanto na estratégia da Fantasy Flight Games (FFG), quanto da Galápagos Jogos. Por isso, ter um suporte consistente para as lojas é absolutamente necessário, mas será feito de forma diferente do que no passado. Lojas antenadas e atuantes, conectadas as suas comunidades e que tenham iniciativas consistentes terão benefícios crescentes dentro desse novo cenário. Torneios registrados corretamente e reports consolidados no GEM (ferramenta da FFG que controla e monitora todos os eventos de Keyforge realizados) serão pré-requisitos para isso e deverão se tornar rotina básica de toda loja que trabalha o produto e deseja se beneficiar das vantagens. Caso sua loja ou lojista não tenha conhecimento sobre o GEM, entre em contato o quanto antes com a gente pelo [email protected].
Essas vantagens tem um propósito claro: favorecer lojistas dedicados para proporcionar torneios melhores e preços mais competitivos para as comunidades que estiverem construindo. Aqui a atuação da comunidade é imprescindível: é o termômetro que o lojista precisa para investir com segurança. Mas também é papel da comunidade cobrar de seus lojistas todos os benefícios e vantagens que essas novidades podem trazer para a comunidade.
A aquisição de kits internacionais pelas lojas será facilitada com acesso priorizado, além de valores subsidiados (dependendo do próprio histórico de atuação da loja no GEM). Quanto mais uma loja atua oficialmente como um Parceiro Æmber, maiores serão seus descontos e benefícios. Dessa forma, prezamos em premiar lojas pequenas, médias e grandes: o que importa é o trabalho contínuo, feito dentro dos termos oficiais do produto, não o tamanho da loja.
Nesse momento estamos em negociações finais para trazer os tão esperados eventos Vault Tour (em inédita edição Brasil) e o Vaultwarrior Qualifier (em edição América Latina, sediado no Brasil) que, nesse momento, dependem apenas de aprovação e apoio finais da FFG para acontecerem a partir do primeiro semestre desse ano.
O Grand Championship de 2020 já está confirmado e acontece em novembro, acompanhando o lançamento da última coleção do ano. A participação da comunidade crescente será fundamental para colocarmos de vez o Brasil no circuito internacional de torneios de Keyforge e batermos novos recordes, mantendo o mesmo conforto e estrutura que tivemos em 2019. Fica aqui nossa garantia de que esse formato veio para ficar e de que iremos incorporar todos os aprendizados e feedbacks que recebemos da comunidade antes, durante e depois do evento para isso!
Não tenho conhecimento sobre a relação da Galápagos com os lojistas, então não sei se isso que pretendem fazer será um avanço ou não.
Sobre o Grand Championship, disseram ali que manterão a mesma estrutura. Seria uma boa notícia se confirmarem que será no Expo Center Norte novamente.

EMBAIXADORES
A promessa que surgiu no fim de 2019 está quase saindo do forno para se tornar uma realidade e criar de vez uma relação ganha-ganha-ganha entre comunidade-lojas-Galápagos Jogos.
As inscrições e mais detalhes sobre o programa de Embaixadores começam em janeiro, com a volta do nosso encontro semanal no Caldeirão Keyforge (se você ainda não conhece, corre pra cá: http://bit.ly/keyforgePL). Fiquem atentos aos próximos comunicados para saber mais detalhes.
Basicamente, o programa de Embaixadores será uma abertura da Galápagos Jogos para que a própria comunidade eleja seus representantes para intervir diretamente junto ao nosso time de Organized Play quanto a problemas ou dores que a comunidade esteja passando. Dessa forma, podemos trazer a informação mais clara e direta sobre tudo o que vem por aí no mundo de Keyforge em primeira mão, além de antecipar problemas que as lojas e comunidade possam estar enfrentando e que às vezes demoram muito mais do que deviam para chegar até nós para que possamos ajudar a resolver.
Acreditamos que a grande força que faz um produto ser um sucesso é a experiência memorável que proporciona. Muito disso vem de um contexto saudável que só pode ser proporcionado por um diálogo aberto e transparente com a comunidade. O programa de Embaixadores nasce dessa visão!
Acho que o contato com a comunidade é um dos maiores problemas da Galápagos. Se essa iniciativa melhorar isso, já terá sido um sucesso.
Atualmente a Galápagos possui quase nenhuma forma de contato com a comunidade. Eles pedem para enviar email, mas raramente é respondido. As lives do Youtube não possuem interação com o chat, dessa forma poderiam até mesmo ser um vídeo gravado, né? O fórum foi abandonado no ano passado... E por aí vai.
Espero que esse programa surta o efeito desejado. E que os embaixadores visitem lugares além de um grupo de Whatsapp.
submitted by Estagiario_da_ZYX to KeyforgeBr [link] [comments]


2020.01.16 00:50 TheTanzanite Por que o futuro da humanidade é sombrio

EDIT: Esse post não tem o intuito de deixar ninguém depressivo, por mais que não sejam notícias boas, vejam isso como uma oportunidade de não ficar perdendo tempo com certas cobranças e amarras da sociedade que você sabe que não faz sentido com o que você realmente é ou quer ser. É também uma forma de redirecionar qualquer "raiva" que você tenha no espectro político para quem realmente está causando isso tudo.
Esta é apenas uma tradução das partes relevantes do tópico postado por logiman43 no /DarkFuturology.
10 anos atrás eu era o cara me acorrentando em árvores, 5 anos atrás eu era o cara bloqueando a rua para chamar a sua atenção sobre o consumo de carne. Eu já fui preso, ridicularizado e "linchado". Agora eu estou apenas cansado. Eu sou um Ph.D em Relações Internacionais com especialização em Conflitos Climáticos (e 2 outros diplomas em Direito e Economia).
Aqui você irá achar 30,000 papers científicos sobre esta situação fodida.
Para os amantes de áudio, aqui você tem uma conversa de 30 minutos sobre como tudo deverá colapsar. "Não há crescimento infinito".
5 anos atrás existia uma série chamada 'The Newsroom'. Era uma série série com alguma comédia sobre o mundo midiático. Existe um clipe famoso da série (04:48) sobre o colapso do clima. Era "cômico" na época, porém agora é a realidade.

Aquecimento Global:

De acordo com um report de 2018, a temperatura global já está 1ºC maior do que a era pré-industrial.
O que irá acontecer a cada incremento de 0.5ºC? O rastreador de ações climáticas mostra que chegaremos aos 3.5ºC com as políticas atuais em 2050. Climate stripes - Veja o salto em 1995
Gráfico mostrando emissões de carbono por continente. Veja a explosão na Ásia
Neste gráfico, você tem todos os níveis de CO2, CH4, N20, temperatura e nível do oceano.
As 20 piores consequências do aquecimento global
+9 Gráficos
1.5ºC - Este costumava ser o ponto em que os cientistas achavam que estávamos OK. Em 2018, o IPCC queria parar o aquecimento global neste temperatura, prevendo que a atingiríamos com 10% de chance em 2023. Nesta temperatura, ondas de calor tão quentes quanto o Deserto do Saara acontecerão no mundo todo, todo ano. Haverá destruição massiva de plantações, 70% dos corais no oceano perderão a sua cor e secas afetarão 360mi de pessoas (Fonte).
Advinhe só? De acordo com o - já antigo - report do IPCC de 2019, nós já estamos quase atingindo 1.5ºC. A quantidade de 'loss events' (Tsunamis, Tempestades, Enchentes, Queimadas) entre 1980 e 2015 QUADRUPLICOU.
Históricamente, todo summit pelo clima falhou em atingir a meta de limitar as emissões GHG, não chegando nem perto. Outro ângulo. Inclusive, estudos recentes alertam que metas do Acordo de Paris já estão fora do nosso alcance.

Biomassa e a 6ª Extinção

A Terra aparenta estar passando por um processo de "aniquilação biológica". Mais da metade do número total de animais que um dia dividiram o planeta com os humanos já se foram. Um estudo de 2017 checou as populações animais ao redor do planeta examinando 27,600 espécies de vertebrados - quase metade das espécies que sabemos que existem. Eles descobriram que mais de 30% delas estão em declínio. Algumas espécies estão enfrentando um colapso completo, enquanto populações locais de outras estão sendo extintas em áreas específicas. Além disso, humanos exterminaram 60% das populações animais desde 1970. (Fonte)
Aproximadamente 40% das espécies de insetos estão em declínio, de acordo com um estudo e eles não são as únicas criaturas sofrendo. Nos últimos 50 anos, mais de 500 espécies de anfíbios entraram em declínio - e 90 foram extintas - devido a uma doença mortal de um fungo, que corrói a carne de sapos. (Fonte)
E plantas estão sendo extintas 350x mais rápido do que o normal
De outro lado, veja a explosão de animais domésticos entre 1950 e 200. Gado é uma das causas do aquecimento global. Ex: A Amazônia está sendo desmatada não pela madeira, mas para abrir espaço para criação de gado. (Fonte).

População

A curva íngrime na população. Se nossos números crescem em média 228,000 por dia, em uma semana nós teremos adicionado 1.589.000 pessoas extras à população mundial. Para se preparar, a Humanidade precisa produzir mais comida nas próximas 4 décadas do que já produzimos nos últimos 8.000 anos (Link p/ Paper). Porém estamos desperdiçando tanta comida e perdendo tanta água com irrigação, que é possível que a sociedade colapse em 2040 devido à escassez catastrófica de alimento.

Permafrost e Metano

Solo no Ártico está liberando mais CO2 do que 189 países.

Com um aumento de 2ºC, esperamos que 6.6 milhões de km² descongelem e isso crie um 'feedback loop' que libere muito metano, o que significa que o descongelamento do permafrost e calotas polares se torne um processo de extinção que se auto acelere.
Os oceanos já estão borbulhando com Metano e o que é mais assustador é que nós sabemos que existem patógenos congelados no permafrost - patógenos como Anthrax.

Doenças

Conforme a Terra aquece, animais serão forçados a migrar em massa. Isso significa que animais transportando doenças tropicais (como Malária) passarão a conviver entre nós. Para se ter uma idéia de quão isso é assustador, doenças como 'Camel Flu' (MERS) tem uma taxa de mortalidade de 36%.
E os hospitais não estão preparados para os desafios da mudança climática
Report do World at Risk. Eles listaram dezenas de doenças que os experts sugerem possuir o potencial de causar epidemias que podem escalar fora de controle, entre elas o Ebola, Zika Virus e Dengue. Uma pandemia pode infectar o mundo em horas e matar milhões pois NENHUM país está totalmente preparado. 100 Anos atrás a Gripe Espanhola infectou 1/3 da população e matou 50 milhões de pessoas.
Atualmente, a poluição do ar está tão alta que a China e India ultrapassam os gráficos. Sem uma máscara, você ficará doente.

Erosão do Solo Superficial

Nós estamos ficando sem solo arável (Fonte) e até 2055, nós não teremos mais nada.
Este é o aviso do autor de "Surviving the 21st Century", Julian Cribb para uma conferência internacional do solo em Queenstown, NZ em 15/12/16.
"10kg de Solo Arável, 800L de água, 1.3L de Diesel, 0.3g de Pesticidas e 3.5kg de CO2 - Isso é o necessário para entregar uma refeição, apenas para uma pessoa" - Cribb diz.
É necessário 2000 anos para se formar 5cm de solo arável e se você acha que isso não te afetará, espere até que comida se torne a commodity mais rara da Terra. Se você acha que já viu a barbaridade humana, espere até que estes mesmos humanos estejam famintos e desesperados por comida. Isso não significa milhões de pessoas famintas, sginificará bilhões de pessoas sem comida. Incluíndo você.

Escassez de Água Doce

A India tem 5 anos para solucionar a crise hídrica, a África do Sul tem a pior seca em 1000 anos, Zâmbia tem 2mi de pessoas à beira da inanição graças à seca.
De acordo com o report das Nações Unidas, em 10 anos, 4 bilhões de pessoas serão atingidas pela falta de água doce, das quais 2 bilhões estarão severamente em falta.

O evento "Blue Ocean"

Um evento Blue Ocean significa que grandes quantidades de luz solar não serão mais refletidas de volta ao espaço. Ao invés disso, o calor será absorvido pelo Ártico. Enquanto o Oceano Ártico possui gelo, a maior parte da luz solar é refletida e o "centro de frio" permanece perto do Pólo Norte.
Isso não apenas significa que o calor adicional terá que ser absorvido pelo Ártico, mas também que os padrões de vento irão mudar radicalmente, ainda mais do que já estão mudando hoje. O que causa com que outros 'pontos de virada' sejam atingidos antes do esperado. É por isso que o evento 'Blue Ocean' é muito importante e possivelmente será atingido abruptamente em 2022. (Fonte).

O feedback loop da camada de gelo

Quando falamos do crescimento do nível do mar, está se tornando cada vez mais difícil prever uma vez não estamos apenas aquecendo o ar, o calor está ficando preso nos oceanos também, o que significa que as camadas de gelo no círculo do ártico está derretendo por cima e por baixo - Ou seja, estão derretendo MUITO mais rápido do que estimamos até nas nossas estimativas mais radicais. (Vídeo).
Se você está preocupado com os refugiados da América Central/Latina ou África, você pode começar a pensar nas dezenas de milhões de pessoas que começarão a escapar continente a dentro das inundações.
Isso TRIPLICA as nossas estimativas anteriores.

Evento Wet Bulb

Mudança Climática causará ondas húmidas de calor, que matarão até pessoas saudáveis.

Ondas de calor extremas que matam pessoas saudávels em horas atingirão partes do subcontinente indiano a menos que as emissões globais de carbono sejam drasticamente cortadas rapidamente. Mesmo foras destes hotspots, 3/4 da população de 1.7bi - particularmente agricultores no Ganges e vales Hindus - serão expostos a um nível de humidade classificado como "Perigo Extremo" até o final do século.
A nova análise avalia que o impacto do clima na combinação mortal de calor e humidade, classificado como a temperatura "Wet Bulb" (WBT). Quando a humidade chega em 35ºC, o corpo humano não consegue mais se regular através do suor e até pessoas saudáveis sentadas na sombra, morrerão em até 6 horas. Já existem partes do mundo em que a humidade atinge 32ºC a 33ªC.

Acidificação do Oceano

Acidificação do Oceano tornará a mudança climática pior ainda

Os oceanos estão absorvendo uma grande parcela do CO2 emitido na atmosfera. Na realidade, oceanos são o maior absorvente de CO2 do mundo, muito maior do que as capacidades de absorção da floresta amazônica. Mas quanto mais CO2 os oceanos absorvem, mais ácidos eles ficam em uma escala relativa pois uma parte do carbono reage com a àgua para formar ácido carbônico.
Se a acidificação diminuir as emissões marinhas de enxofre, isso poderá causar um aumento na quantidade de luz solar atingindo a superfície da Terra, acelerando o aquecimento - o que é exatamente o que o estudo do Nature Climate Change prevê. Pesquisadores estimam que o pH do oceano irá diminuir em 0.4pH até o final desse século se as emissões de carbono não pararem, ou em 0.15pH CASO o aumento pare em 2ºC. (Fonte)
Já está acontecendo uma extinção em massa nos oceanos.

Porque prevenção do desmatamento é mais importante que replantá-las.

Há tanto CO2 na atmosfera que plantar novas árvore já não pode mais nos salvar.

Cientistas estimam que precisamos plantar 1 trilhão de árvores para mitigar o Aquecimento Global. SEM PERDER NENHUMA ÁRVORE já que uma árvore queimando libera todo o CO2 de volta.
A Amazônia está perdendo 3 campos de futebol por minuto graças à queimadas - Mapa Interativo. No momento, estamos perdendo 13-15mi de hectares de árvores por ano na América do Sul, África e Oeste Asiático que estão sendo convertidos para agricultura. (Fonte)
Então se assumirmos que plantemos 1mi de árvores a cada passo que você dê, então 20 passos serão 20mi de árvores, correto? 1 trilhão de árvores é o equivalente a 2.5x mais do que a distância em que você está até a Estação Espacial Internacional, isso sem contar toda a poluição liberada para plantar as sementes, toda a logística de preparo do solo arável e o descarte de lixo. Uma ação para resolver um problema, afeta diversos outros que também contribuem para o aquecimento.

Migrações

Se prepare para centenas de milhões de refugiados do clima - MIT.

Até 2050 haverão 1.5bi de migrantes. Sim, em 30 anos. O que aumenta drasticamente o potencial de conflitos e violência. Um estudo pelo Pentágono confirma que haverão guerras causadas por problemas relacionados a refugiados do clima.
Apenas um exemplo rápido, a Índia poderá bloquear o rio Indus, matando centenas de milhões de paquistaneses. (Fonte). Ambos países que possuem armas de destruição em massa. Nos próximos 30 anos haverá também um crescimento do fascismo e campos de concentração, o que já acontece nos EUA com mexicanos e na China com os Uighurs.

Os super-ricos

Os ricos sabem que é tarde de mais e que serão os únicos que sobreviverão. (Artigo). Eles já estão costruindo bunkers e comprando passaportes neozelandeses para se refugiarem quando der merda e é por isso que eles estão ficando exponencialmente mais ricos. Por exemplo, Canada, Noruega e Brasil irão 'floodar' o mundo com petróleo para obter lucro máximo (Artigo do NYT "Flood of Oil is Coming").
Se qualquer coisa acontecer, os super-ricos irão apenas comprar passaportes por $1M+ e fugir enquanto migrantes serão colocados em campos de concentração, os ricos estão planejando nos deixar para trás.

Porque o atual sistema econômico está quebrado

O sistema econômico está completamente quebrado e não só nos EUA comot ambém na Europa, Austrália, América do Sul e Ásia. Eu estive pesquisando este assunto por anos e fico 'embasbacado' quão ruim realmente está.
Os ultra-ricos possuem $32 trilhões, sem contar assets mobiliários, ouro, iates e cavalos de corrida, em contas offshore.
Visualização da diferença entre $50,000, $1mi e $1bi. A média de income nos EUA é de $32,000/ano. Supondo que cada degrau em uma escada representa $100,000, então metade da população americana ainda está no começo ou apenas no 1º degrau, são quase 200 milhões de pessoas que não conseguem nem subir um degrau nesse sistema. Os lares conjuntos de 80% estão no quinto degrau da escada enquanto um bilionário...um bilionário está 10.000 degraus acima da escada, o que é o equivalente à 5 prédios do tamanho do Empire State. Lá de cima, eles não conseguem distinguir a diferença dentre um milionário e um sem-teto nem se eles quisessem. E Jeff Bezos? Ele está na metade do caminho até a Estação Espacial, o equivalente a 24 Everests em cima do outro.
Se você tivesse um trabalho que pagasse $2.000/HORA e você trabalhasse 40 horas por semana, sem férias e de alguma forma economizasse todo esse dinheiro, você teria que trabalhar mais de 25.000 anos para chegar na mesma fortuna de Jeff Bezos.
Outras menções notáveis:

Por que ninguém fala do colapso?

Por que ninguém fala do colapso? Porque um mundo sem esperança é um mundo de caos, imagine 7 bilhões de pessoas percebendo que eles não tem 200, 100, 50 anos restantes mas sim apenas 20 ou 30.
Além disso, os ricos estão tentando promover éticas de trabalho em que você não tenha tempo para ler, assistir ou estudar sobre nada do que foi dito acima. Nós estamos ficando cada vez mais isolados um dos outros por causa de tecnologias como Facebook ou Tinder e pra completar, os políticos estão tentando desestabilizar o mundo que conhecemos, para criar confusão e conflito entre nós. Dividir e Conquistar. Por que você acha que a Rússia está por trás do Brexit, do movimento Black Lives Matter e do crescimento do fascismo na Europa?
A Rússia influenciou as eleições americanas, criando centenas de grupos de Facebook Pro-Trump, pagou também para rodar propagandas patrióticas "MAGA" no Facebook.
Por que você acha que há tantos protestos rolando ao redor do mundo ultimamente? Aqui estão os maiores protestos acontecendo agora.
LUTE!
Para mais: /collapse
submitted by TheTanzanite to brasil [link] [comments]


2020.01.16 00:20 usuarioinseguro1 Me sinto muito inseguro com relação ao tamanho do meu pênis

Criei esta conta unicamente para esta postagem. Vou começar do inicio na tentativa de elucidar sobre como começou minha insegurança: tive minha primeira namorada aos 19 anos, eu era virgem e ela já tinha tido dois namorados, namorou um por um ano e o outro por cinco meses, tinha vida sexual ativa. Nosso relacionamento era saudável, ela gostava bastante de mim e eu gostava bastante dela, quando transamos pela primeira vez pareceu ter sido bom para ambos; cerca de um mês depois quando já tinhamos transado cinco ou seis vezes ela falou pra mim que não tava confortável e que achava meu pênis muito pequeno (10 cm) e que apesar d'eu saber fazer outras coisas (oral, masturbação) ela sentia pouquíssimo prazer na hora da penetração, um mês depois a gente terminou por atritos na relação e sempre que acontecia alguma discussão entre a gente ela comentava: "ah cara nosso sexo não tá legal" e isso me deixou bem preocupado e penso que não vou ser capaz de dar prazer a ninguém na cama.
No inicio de novembro de 2019 arrumei outra namorada e a gente tá dando muito certo, no entanto ainda não transamos, ela é virgem e eu já masturbei ela, tudo parece estar indo de acordo, mas eu to com muito medo de estragar tudo por ter um pênis pequeno. Minha insegurança é tamanha que comecei a fazer exercícios de jelqing (técnica pra aumentar o pênis) mas acho muito provável que nada disso funcione e eu estou colocando expectativas que vou aumentar meu pênis e vou acabar me frustrando ainda mais.
submitted by usuarioinseguro1 to desabafos [link] [comments]


2019.12.16 16:25 tcxavier Tony Goes, na Folha: No fundo, especial de Natal do Porta dos Fundos é terrivelmente cristão

SÃO PAULO
Em seus últimos momentos na cruz, prestes a expirar, Jesus Cristo recebe uma visita. Um anjo aparece para lhe retirar os pregos dos pés e das mãos e ajudá-lo a descer. Jesus, então, vai embora do Gólgota e passa a levar a vida de um ser humano qualquer. Primeiro ele se casa com Maria Madalena, mas ela morre depois de alguns anos. Aí Jesus forma um trisal com as irmãs Marta e Maria, e tem um monte de filhos com elas.
Um dia, ele encontra o apóstolo Paulo pregando em praça pública, falando do Messias que morreu na cruz para nos salvar. Jesus tenta avisar que não foi bem assim, mas Paulo o enxota dali. Finalmente, já bem velhinho, Jesus recebe os discípulos em seu leito de morte. É então que Judas, o eterno estraga-prazeres, o admoesta: “você foi covarde, desceu da cruz, não cumpriu sua missão”. O anjo, na verdade, era Satanás. Arrependido, Jesus implora a Deus por uma segunda chance. E o Pai atende o pedido do Filho: Jesus rejuvenesce e volta a agonizar na cruz, finalmente aceitando seu destino.
Este é o final do filme “A Última Tentação de Cristo”, de Martin Scorsese, baseado no livro de Nikos Kazantzakis. As duas obras causaram celeuma quando foram lançadas, chegando a ser proibidas em diversos países. E isto apesar da trama, assumidamente ficcional, reafirmar a divindade de Jesus Cristo e a importância de seu sacrifício para a salvação da humanidade. Mas a ideia de um Jesus com desejo sexual, como qualquer outro ser humano –afinal, ele era tão homem quanto Deus– é demais para a cabeça de muita gente.
Em 1988, o filme de Scorsese teve sua exibição proibida na cidade de São Paulo pelo então prefeito Jânio Quadros. Trinta e um anos depois, vemos setores obscurantistas da sociedade reagirem da mesma maneira diante de uma obra com título semelhante: “A Primeira Tentação de Cristo”.
O novo especial de Natal do Porta dos Fundos para a Netflix mantém a saudável tradição de grupo de zoar não exatamente com a religião, mas com a maneira como as pessoas lidam com ela (atenção, não é a mesma coisa). O do ano passado, que mostrava um Jesus desonesto e beberrão, ganhou até o Emmy Internacional, mas não despertou maiores repulsas. O de 2019 sugere que Jesus era gay, e abriram-se as portas do inferno.
Jesus volta de um período de 40 dias no deserto e é recebido com uma festa surpresa pelo seu aniversário de 30 anos. Seus pais José e Maria decidem que é hora de revelar que, na verdade, seu pai biológico é o próprio Deus, que Jesus cresceu chamando de Tio Vitório. Para complicar, Jesus trouxe para casa um amigo que fez no deserto: uma bicha louca chamada Orlando, que o trata por “Dji”.
A partir daqui vem spoiler. Não consigo apresentar minha conclusão sem falar como termina o especial. Pare por aqui se não quiser saber.
Muito bem, prossigamos. Deus conta para Jesus que ele é o Messias e deve salvar a humanidade. Mas Jesus se recusa: está caidinho por Orlando e quer levar uma vida normal. Só que... Orlando, na verdade, é Lúcifer. Disfarçou-se para tentar Jesus no deserto –exatamente, aliás, como dizem os Evangelhos. Lúcifer derruba Deus, rapta Maria e acaba com a festa. O recalcitrante Jesus, então, aceita sua missão divina e peita o demônio. E o destrói.
Tanto Fábio Porchat (que assina o roteiro e interpreta Orlando) como Gregório Duvivier (que faz Jesus) são ateus assumidos. Por isto eu me surpreendi que este especial estrelado pelos dois, que tanta polêmica vem causando, seja, na verdade, um libelo que confirma toda a teologia cristã.
Isso mesmo. “A Primeira Tentação de Cristo”, assim como “A Última”, reafirma a divindade de Cristo e a importância de sua missão. Só ele consegue livrar a humanidade de Satanás. Nenhum dogma é questionado: até a virgindade de Maria segue incólume.
Tudo isso com muita galhofa, é claro. Um dos Reis Magos traz uma prostituta para a festa. José é um babaca que põe passas no arroz e maçã na maionese. Uma tia mais velha chamada Lupita (!) não tem o menor problema em ser racista. O verdadeiro alvo das piadas não é a fé, mas os conflitos e contradições que existem dentro de qualquer família –e que vêm à tona na época do Natal.
Quem critica “A Primeira Tentação de Cristo” não deve ter visto o especial até o fim. Parou na primeira insinuação da homossexualidade de Jesus, ou então só ouviu falar. Sequer apertou o play e já saiu por aí reclamando.
Esse programa, na verdade, é um instrumento de pregação religiosa. Uma obra de evangelização. Terrivelmente cristã –no sentido original da palavra “terrível”, porque meteu medo em alguns.
Quem diria, hein? Porchat e Duvivier entraram pela porta dos fundos para nos catequizar.
📷

tony goes

Tony Goes tem 58 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Fonte: https://f5.folha.uol.com.bcolunistas/tonygoes/2019/12/no-fundo-especial-de-natal-do-porta-dos-fundos-e-terrivelmente-cristao.shtml
submitted by tcxavier to brasil [link] [comments]


2019.11.11 22:11 JairBolsogato Jovens Ignorantes em História

Uma pesquisa recente realizada pelas vítimas do comunismo e pesquisada pela YouGov, uma empresa de pesquisa e dados, descobriu que 70% dos millennials provavelmente votam em socialistas e que um em cada três millennials via o comunismo como "favorável".
Vamos examinar essa visão trágica à luz do estudo anual recentemente lançado pelo Fraser Institute "Liberdade Econômica do Mundo", preparado pelos professores James Gwartney, Florida State University; Robert A. Lawson e Ryan Murphy, da Universidade Metodista do Sul; e Joshua Hall, West Virginia University, em cooperação com a Economic Freedom Network.
Hong Kong e Cingapura mantiveram sua liderança como os países economicamente mais livres do mundo - embora a mão pesada da China ameace a posição mais alta de Hong Kong. Completando o top 10 estão Nova Zelândia, Suíça, Estados Unidos, Irlanda, Reino Unido, Canadá, Austrália e Maurício. A propósito, depois de ter caído para o 16º em 2016, os EUA voltaram a estar entre os cinco principais países economicamente livres do mundo.
Quais estatísticas entram no cálculo da liberdade econômica do Instituto Fraser? O relatório mede a capacidade dos indivíduos de tomar suas próprias decisões econômicas analisando as políticas e instituições de 162 países e territórios. Isso inclui regulamentação, liberdade de comércio internacional, tamanho do governo, sistema legal sólido, direitos de propriedade privada e gastos e impostos do governo.
O estudioso do Fraser Institute, Fred McMahon, diz: "Onde as pessoas são livres para buscar suas próprias oportunidades e fazer suas próprias escolhas, elas levam uma vida mais próspera, feliz e saudável". A evidência para sua avaliação é: os países no quartil superior da liberdade econômica tinham um PIB médio per capita de US $ 36.770 em 2017, em comparação com os US $ 6.140 dos países do quartil inferior.
As taxas de pobreza são mais baixas. No quartil superior, 1,8% da população experimentou extrema pobreza (US $ 1,90 por dia), em comparação com 27,2% no quartil mais baixo. A expectativa de vida é de 79,5 anos no quartil superior dos países economicamente livres, em comparação com 64,4 anos no quartil inferior.
Os rankings do Fraser Institute de outros países importantes incluem Japão (17), Alemanha (20), Itália (46), França (50), México (76), Índia (79), Rússia (85), China (113) e Brasil. (120). Os países menos livres são Venezuela, Argentina, Ucrânia e quase todos os países africanos, com a exceção mais notável das Maurícias. A propósito, Argentina e Venezuela costumavam ser ricos até comprarem o socialismo.
Durante a Guerra Fria, os esquerdistas fizeram uma equivalência moral entre o totalitarismo comunista e a democracia. W. E. B. Du Bois, escrevendo no National Guardian (1953), disse: "Joseph Stalin era um grande homem; poucos outros homens do século XX se aproximam de sua estatura". Walter Duranty chamou Stalin de "o maior estadista vivo ... um homem quieto e discreto". George Bernard Shaw expressou admiração por Mussolini, Hitler e Stalin. O economista John Kenneth Galbraith visitou a China de Mao e elogiou Mao Zedong e o sistema econômico chinês. Gunther Stein, do Christian Science Monitor, também admirou Mao e declarou em êxtase que "os homens e mulheres pioneiros de Yenan são verdadeiramente novos humanos em espírito, pensamento e ação". Michel Oksenberg, especialista em China do presidente Jimmy Carter na China, reclamou que "a América está fadada a decair até que mudanças radicais, mesmo revolucionárias, alterem fundamentalmente as instituições e os valores", e nos instou a "emprestar idéias e soluções" da China.
Os esquerdistas isentavam os líderes comunistas das duras críticas dirigidas a Adolf Hitler, embora os crimes comunistas contra a humanidade fizessem com que o assassinato de 11 milhões de não-combatentes parecesse quase amador. De acordo com o professor R.J. Rummel na pesquisa "Morte pelo governo", de 1917 até seu colapso, a União Soviética assassinou ou causou a morte de 61 milhões de pessoas, principalmente seus próprios cidadãos. De 1949 a 1976, o regime comunista de Mao foi responsável pela morte de 76 milhões de cidadãos chineses.
Os esquerdistas de hoje, socialistas e progressistas se irritariam com a sugestão de que sua agenda difere pouco da dos tiranos anteriores. Eles devem ter em mente que as origens dos horrores indescritíveis do nazismo, stalinismo e maoísmo não começaram nos anos 20, 30 e 40. Esses horrores foram simplesmente o resultado de uma longa evolução de idéias que levou à consolidação do poder no governo central na busca pela "justiça social".
Por Walter E.Williams, professor de economia na Universidade George Mason, 12 de novembro de 2019
submitted by JairBolsogato to brasilivre [link] [comments]


2019.10.17 01:35 expanssiva Outubro Rosa 2019 – Sua vida é importante!

Outubro Rosa 2019 – Sua vida é importante!
Nesta campanha do Outubro Rosa de 2019 procuramos sinalizar como é importante a realização do auto diagnóstico.
E também a importância de realizar os exames para a identificação do tumor de câncer de mama.
Isto porque de acordo com O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima-se que:
Para cada ano do biênio 2018/2019, sejam diagnosticados 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil.
Só para exemplificar, isto é um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.
O câncer de mama é sem dúvidas uma doença perigosa, por isso é necessário dar a devida atenção para os exames de identificação.
Acima de tudo você pode ler informações importantes na revista do INCA, Leia aqui.

Como realizar o diagnóstico?

O diagnóstico pode ser feito a partir de um auto exame e em seguida de uma consulta com profissional da área da saúde.

Como realizar o auto exame de mama?


https://preview.redd.it/2m7f5p9knzs31.jpg?width=1000&format=pjpg&auto=webp&s=bdbbd6d3f7465f7d9147af34944a26ab76310c7d
De acordo com o INCA:
O rastreamento do câncer de mama é uma estratégia dirigida às mulheres na faixa etária em que o balanço entre benefícios e riscos dessa prática é mais favorável, com maior impacto na redução da mortalidade.
Os benefícios são o melhor prognóstico da doença, com tratamento mais efetivo e menor morbidade associada.
Os riscos ou malefícios incluem os resultados falso-positivos, que geram ansiedade e excesso de exames; os resultados falso-negativos, que resultam em falsa tranquilidade para a mulher; o sobre diagnóstico e o sobre tratamento, relacionados à identificação de tumores de comportamento indolente (diagnosticados e tratados sem que representem uma ameaça à vida); e, em menor grau, o risco da exposição à radiação ionizante, se frequente ou sem controle de qualidade.
No primeiro, o exame de rastreio é ofertado às mulheres que oportunamente chegam às unidades de saúde, enquanto o modelo organizado é dirigido às mulheres na faixa etária alvo que são formalmente convidadas para os exames periódicos.
A experiência internacional tem demonstrado que o segundo modelo apresenta então melhores resultados e menores custos. No Brasil, conforme revisão das Diretrizes para a Detecção Precoce do Câncer de Mama, publicada em 2015, a mamografia é o método preconizado para rastreamento na rotina da atenção integral à saúde da mulher.

A importância da mamografia Outubro Rosa 2019

A mamografia é o único exame cuja aplicação em programas de rastreamento apresenta eficácia comprovada na redução da mortalidade do câncer de mama. Com isso a mamografia de rotina é recomendada para as mulheres de 50 a 69 anos a cada dois anos. Logo a mamografia nessa faixa etária e a periodicidade bienal são rotinas adotadas na maioria dos países que implantaram o rastreamento organizado do câncer de mama. E baseiam-se na evidência científica do benefício dessa estratégia na redução da mortalidade nesse grupo e no balanço favorável entre riscos e benefícios 6.
Em outras faixas etárias e periodicidades, o balanço entre riscos e benefícios do rastreamento com mamografia é desfavorável 6. Aproximadamente 5% dos casos de câncer de mama ocorrem em mulheres com alto risco para desenvolvimento dessa neoplasia.
Risco elevado de câncer de mama inclui: – história familiar de câncer de mama em parente de primeiro grau antes dos 50 anos ou de câncer bilateral ou de ovário em qualquer idade; – história familiar de câncer de mama masculino; – e diagnóstico histopatológico de lesão mamária proliferativa com atipia ou neoplasia lobular in situ 7.

Como identificar os sintomas de câncer de mama?

Os principais sinais e sintomas da doença são:Primeiro ponto a saber caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; a pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja,
Terceiro alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos.
Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

O que causa o câncer de mama? outubro rosa 2019

Não há uma causa única para o câncer de mama.
Diversos agentes estão relacionados ao desenvolvimento da doença entre as mulheres, como:
  • envelhecimento (quanto mais idade, maior o risco de ter a doença)
  • fatores relacionados à vida reprodutiva da mulher (idade da primeira menstruação, ter tido ou não filhos, ter ou não amamentado, idade em que entrou na menopausa)
  • histórico familiar de câncer de mama, consumo de álcool, excesso de peso, atividade física insuficiente e exposição à radiação ionizante.
Portanto a prática de atividade física e de alimentação saudável, com manutenção do peso corporal adequado, estão associadas a menor risco de desenvolver câncer de mama:
Com isso, cerca de 30% dos casos podem ser evitados quando são adotados esses hábitos.
Sobretudo a amamentação também é considerada um fator protetor.
Além de estarem atentas ao próprio corpo, mulheres de 50 a 69 anos devem fazer mamografia de rastreamento a cada dois anos.
Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas.
A mamografia nesta faixa etária, com periodicidade bienal, é a rotina adotada na maioria dos países que implantaram o rastreamento organizado do câncer de mama e baseia-se na evidência científica do benefício desta estratégia na redução da mortalidade neste grupo.
Então neste outubro rosa 2019 o ideal é estar atenta ao seu corpo.
E realizar não só o auto exame, bem como cuidar da alimentação e ir regularmente ao médico, principalmente se estiver na idade de 50 a 69 anos.
Via https://blog.expanssiva.com.b
submitted by expanssiva to u/expanssiva [link] [comments]


PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 2019 - Projetos e Praticas de Açã